Translate

segunda-feira, 28 de março de 2016

Saudáveis em vida e em ensino

O apóstolo Paulo instrui a Tito como deve ser o seu comportamento e o comportamento dos membros de sua igreja:

(Tito 2:6-10)

(6) "Da mesma maneira, encoraje os jovens a serem prudentes.

Estar em juízo perfeito, sóbrio, lúcido... (ajuizado).

(7) Em tudo seja você mesmo um exemplo para eles, fazendo boas obras.

O líder deve fazer e ensinar.
  • (Atos 1:1) “Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar."

Em seu ensino, mostre integridade

Só existe crescimento verdadeiro quando ministramos na íntegra:
  • (1 Pedro 2:2) “Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo."

e seriedade

Reverência e respeito.

(8) use linguagem sadia, contra a qual nada se possa dizer, para que aqueles que se lhe opõem fiquem envergonhados por não terem nada de mal para dizer a nosso respeito.

Linguagem totalmente dentro da Palavra de Deus.

(9) Ensine os escravos a se submeterem em tudo a seus senhores, a procurarem agradá-los, a não serem respondões e

(10) a não roubá-los, mas a mostrarem que são inteiramente dignos de confiança, para que assim tornem atraente, em tudo, o ensino de Deus, nosso Salvador."
  • O nosso exemplo de obediência é que torna o ensino da Palavra de Deus atraente, desejável.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.


quarta-feira, 23 de março de 2016

A verdadeira páscoa

Os descendentes de Abraão (filhos de Jacó) migraram para o Egito, e cresceram muito em número (Êxodo 1:1-7), cumprindo assim a profecia (Gênesis 13:16). Após a morte de José (filho de Jacó), conhecido como José do Egito, subiu ao poder um faraó que não o havia conhecido. Ameaçado pela crescente população hebraica, ele a submeteu ao jugo da escravidão (Êxodo 1:8-14). O povo hebreu foi escravizado por quase 400 anos.
  • (Êxodo 12:40) "Ora, o período que os israelitas viveram no Egito foi de quatrocentos e trinta anos."

E Deus levantou um homem chamado Moisés para ser o libertador do Seu povo (Leia Salmo 105 - resumo da história dos hebreus).

No decorrer das 10 pragas, faraó deixava o povo ir, mas se arrependia e voltava atrás. Mas na décima praga Deus enviou um anjo destruidor afim de eliminar todos os primogênitos, tanto dos homens como dos animais.
  • (Êxodo 12:12) "Naquela mesma noite passarei pelo Egito e matarei todos os primogênitos, tanto dos homens como dos animais, e executarei juízo sobre todos os deuses do Egito. Eu sou o Senhor!"

Para que os primogênitos do povo hebreu também não morressem por causa do anjo destruidor (Hebreus 11:28), Deus passou essa instrução (A instituição da Páscoa - Êxodo 12:1-28), que já estava apontando para o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário.

Depois da morte dos primogênitos, naquela mesma noite, faraó permitiu a saída do povo hebreu do Egito.
  • (Êxodo 12:31) Naquela mesma noite o faraó mandou chamar Moisés e Arão e lhes disse: "Saiam imediatamente do meio do meu povo, vocês e os israelitas! Vão prestar culto ao Senhor, como vocês pediram".

A partir dessa data, a páscoa se converteu para os judeus em um memorial, onde passariam a comemorá-la uma vez por ano, como estatuto perpétuo. Eles iriam recordar em gratidão o dia em que o anjo destruidor passou sobre suas casas e o Senhor os guardou da morte.
  • (Êxodo 12:14, 26-27) "Este dia será um memorial que vocês e todos os seus descendentes o comemorarão como festa ao Senhor. Comemorem-no como decreto perpétuo. Quando os seus filhos lhes perguntarem: ‘O que significa esta cerimônia?', respondam-lhes: É o sacrifício da Páscoa ao Senhor, que passou sobre as casas dos israelitas no Egito e poupou nossas casas quando matou os egípcios". Então o povo curvou-se em adoração."

Assim como Deus libertou o povo judeu da escravidão no Egito, Deus enviou Seu filho Jesus para nos libertar da escravidão do pecado. Esse memorial anual foi um anúncio antecipado da morte de Jesus. A salvação vem pelo sangue, o sangue de Jesus (João 1:29). 

Assim como o cordeiro inocente foi um substituto para que os primogênitos hebreus não morressem (as casas que estavam marcadas pelo sangue estavam protegidas), Jesus o Cordeiro de Deus, foi morto em lugar do pecador. E todo aquele que recebe Jesus como Senhor e Salvador de sua vida, recebe a salvação eterna.
  • (Romanos 10:9,10) "Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação."

Na noite que precedeu à Sua morte na cruz do Calvário, Jesus celebrou juntamente com os Seus discípulos a última páscoa, e em seguida a Sua ceia (Lucas 22:1-21). A celebração da páscoa foi substituída pela celebração da ceia. Finaliza a páscoa judaica (A.T.) e iniciava a ceia do Senhor (N.T.), ambas apontam para o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário. O ritual da páscoa tinha servido o seu propósito profético, porque o cordeiro ou cabrito que era usado no (A.T.) ia ser substituído pelo Cordeiro pascal (1 Coríntios 5:7b / João 19:14-18).

A ceia do Senhor é nosso memorial da páscoa onde nós recordamos com gratidão que fomos libertos da escravidão do pecado (o pecado hoje não tem mais domínio sobre nós) e da morte espiritual (separação de Deus, da comunhão com Deus). Onde nós recordamos que Jesus morreu, ressuscitou e vai voltar para buscar a Sua igreja.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Pais espirituais: espelhos de ânimo, integridade e firmeza na Palavra

Texto: (1 Coríntios 4:15,16).

Introdução: Paternidade espiritual é gerar o evangelho de Cristo na vida de uma pessoa, através do ensino da Palavra de Deus e do exemplo. É ser instrumento da sua conversão para uma nova vida espiritual.
  • (1 Tessalonicenses 2:10-12) "Tanto vocês como Deus são testemunhas de como nos portamos de maneira santa, justa e irrepreensível entre vocês, os que creem. Pois vocês sabem que tratamos cada um como um pai trata seus filhos, exortando, consolando e dando testemunho, para que vocês vivam de maneira digna de Deus, que os chamou para o seu Reino e glória."

Ajudando o filho espiritual a entender as tribulações
  • (Atos 14:22) "Renovando o ânimo dos discípulos e os encorajando a perseverar na fé, ensinando: "É necessário que em meio a muitas aflições ingressemos no Reino de Deus"."

1. Renovando o ânimo dos discípulos: 

(Lucas 5:1-6) "...Tendo acabado de falar, disse a Simão: "Vá para onde as águas são mais fundas", e a todos: "Lancem as redes para a pesca". Simão respondeu: "Mestre, esforçamo-nos a noite inteira e não pegamos nada. Mas, porque és tu quem está dizendo isto, vou lançar as redes..."

Não existe nada nesta Terra que renova mais o nosso ânimo do que a Palavra de Deus. Os pescadores já estavam cansados, desanimados, haviam pescado à noite inteira... Mas ao ouvirem Jesus ensinar (Romanos 10:17) tiveram fé... E a fé gerou obediência à Palavra de Jesus. Resultado da obediência: Foram grandemente abençoados.

2. Encorajando a perseverar na fé: 

(Hebreus 6:11) ”Desejamos, contudo, que cada um de vós demonstre o mesmo esforço dedicado até o fim, para que tenhais a plena certeza da esperança."

São muitos os cristãos que desistem no meio do caminho, mas a orientação é para caminharmos com o mesmo esforço dedicado até o fim.

3. Ensinando que é necessário que em meio a muitas aflições ingressemos no Reino de Deus:

(Tiago 1:12) "Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam."

O homem que enfrenta as provações com coragem e gozo é mais feliz, porque as recompensas são muito maiores que as provações.

Conclusão: É responsabilidade dos pais espirituais projetar ânimo e ensinarem os filhos espirituais a permanecerem firmes na Palavra de Deus.
  • (João 8:31) “Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: 'Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos'."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Pais e filhos espirituais: compartilhando as responsabilidades do Reino de Deus

Texto: (Efésios 4:15,16).

Introdução: Quando vivemos o evangelho de Cristo em sua integridade, e nos unimos em favor do Reino de Deus em um relacionamento de verdade em amor, e oferecemos a nossa justa colaboração, o resultado é a edificação e o crescimento saudável da igreja.

Vamos conhecer agora a vida de Tito, outro filho espiritual do apóstolo Paulo:

(Tito 1:4) “A Tito, meu verdadeiro filho em nossa fé comum: Graça e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador."

Tito era de origem grega (Gálatas 2:3), gerado no evangelho de Cristo pelo apóstolo Paulo (Tito 1:4). Era seu companheiro e cooperador de viagem (2 Coríntios 8:23). Estava com o apóstolo em Jerusalém, quando alguns falsos irmãos insistiram que ele deveria ser circuncidado. O apóstolo não permitiu porque eles queriam que Tito fosse circuncidado como pré-requisito para a salvação (Gálatas 2:1,3-5), situação totalmente diferente da que Timóteo enfrentou.

O apóstolo Paulo enviou Tito à igreja de Corinto para ver se tudo ia bem, se eles tinham obedecido às instruções que ele havia enviado por carta (1 Coríntios 5), porque aquela igreja havia enfrentado um grande problema. Combinaram de se encontrar em Trôade, mas tiveram um desencontro (2 Coríntios 2:12,13). Quando eles se encontraram na Macedônia e o apóstolo viu que tudo ia bem com a igreja de Corinto e com Tito, e que o próprio Tito havia sido muito bem recebido, se alegrou muito (2 Coríntios 7:5-16). Um pai espiritual se preocupa muito com os seus filhos... Versículos-chave = (2 Coríntios 7:14-16).

O relacionamento entre o apóstolo e Tito por causa do evangelho de Cristo era muito grande: Eles andavam em um mesmo espírito (2 Coríntios 8:16,17; 12:18).

Juntos evangelizaram várias cidades em Creta, mas como o apóstolo não podia ficar, deixou Tito para organizar as congregações locais (Tito 1:5). Tito encontrou considerável oposição e insubordinação principalmente dos judeus (Tito 1:10), mas foi muito bem instruído em seu ministério pelo apóstolo (Leia a epístola do apóstolo Paulo a Tito).

A paternidade espiritual fez toda a diferença, porque ele foi incentivado pelo apóstolo a continuar ensinando o evangelho de Cristo em sua integridade (Tito 2:1).

Conclusão: Aprendemos com o apóstolo Paulo a compartilhar com os nossos filhos espirituais as responsabilidades do Reino de Deus. Aprendemos com Tito a ser um motivo de honra para o nosso pai espiritual. Trabalhar na obra do Senhor com boa vontade, responsabilidade, transparência e integridade na Palavra de Deus.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Discipulado prático: filhos espirituais saudáveis

Texto: (1 Pedro 2:1-3).

Introdução: Nós como filhos de Deus, devemos desejar o verdadeiro leite espiritual, que é a Palavra de Deus em sua integridade, para que por ela seja gerado em nós o caráter de Cristo.

Vamos conhecer agora a vida de Onésimo, outro filho espiritual do apóstolo Paulo:

(Filemon 1:10) “Venho interceder a favor do meu filho Onésimo, que gerei enquanto estava na prisão."

Onésimo era natural de Colossos (Colossenses 4:9), escravo pertencente à Filemom (Filemom 1:16), filho na fé e colaborador do apóstolo Paulo. Fugiu para a grande metrópole de Roma depois de aparentemente ter roubado Filemom, seu proprietário (Filemom 1:18), onde se encontrou com o apóstolo Paulo que aguardava seu julgamento em liberdade vigiada (Atos 28:16).

O apóstolo agiu rigorosamente de acordo com as exigências da lei (Deuteronômio 23:15,16) ao lidar com Onésimo, porque não o denunciou como fugitivo, não avisou à Filemom para buscá-lo e não o oprimiu, antes o evangelizou e o fortaleceu na fé (Filemom 1:10).

O nome Onésimo significa: Útil, proveitoso, benéfico. Antes de se converter a Cristo, não prestou um bom serviço à Filemom, mas agora o seu nome é o seu caráter (Filemom 1:11; Colossenses 3:22,23).

O apóstolo Paulo demonstra a Filemom o seu amor, a sua confiança e o seu desejo de não se afastar de seu filho Onésimo e pede-lhe para recebê-lo não como escravo, mas com perdão e amor, e com o mesmo respeito como o receberia, um parceiro em Cristo (Filemom 1:12,13 e 16,17).

O apóstolo Paulo assumiu totalmente a paternidade espiritual de Onésimo, porque além de apresentar-lhe a salvação eterna, intercedeu pela sua vida diretamente com Filemom, oferecendo seu próprio nome como garantia, já que se dispôs a pagar a sua dívida, caso fosse necessário (Filemom 1:18,19).

Conclusão: Aprendemos com o apóstolo Paulo que as tribulações não são empecilhos para não trabalharmos na obra do Senhor (Atos 20:19-24) e a gerar filhos espirituais saudáveis (Atos 14:22), ensinando-os a admitirem os seus erros e corrigi-los. E aprendemos com Onésimo a enfrentar todos os problemas do passado, para começar a nova vida com Cristo.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

De discipulador para discípulo... De pai para filho...

Texto: (Mateus 28:18-20).

Introdução: Depois que Jesus recebeu autoridade absoluta, senhorio de tudo, ordenou os seus discípulos a fazerem discípulos. Somos filhos espirituais e temos também a responsabilidade de sermos pais espirituais.

Vamos conhecer agora um pouco sobre Timóteo, o mais conhecido filho espiritual do apóstolo Paulo:

(1 Timóteo 1:2) “A Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, o nosso Senhor."

O apóstolo Paulo conheceu Timóteo em Listra (hoje Turquia), provavelmente sua cidade natal. Sua mãe era judia cristã, e o seu pai era grego, por isso foi circuncidado para evitar as críticas dos judeus. Timóteo tinha um bom testemunho, tanto em Listra como em Icônio (Atos 16:1-3).

Timóteo acompanhava o apóstolo Paulo em suas viagens missionárias (Atos 17:14,15; 18:5; 20:4), era um cooperador do apóstolo (1 Coríntios 4:17), (Romanos 16:21), (Filipenses 2:19-22), e até chegou a ser preso por causa do evangelho, assim como o apóstolo Paulo (Hebreus 13:23).

Tudo indica que Timóteo era tímido, mas muito firme em Cristo, por isso o apóstolo encorajou os cristãos de Corinto para que o acolhessem com muito respeito (1 Coríntios 16:10,11).

Timóteo foi enviado à igreja em Tessalônica para encorajá-los em tempos de tribulações (1 Tessalonicenses 3:2,3).

O tratamento do apóstolo com Timóteo era de uma pai amoroso com o seu filho amado (1 Timóteo 1:18), (2 Timóteo 1:2; 2:1), porque ele tinha especial admiração pela sua fidelidade ao Senhor. Fez questão de mencioná-lo como co-remetente em seis das suas epístolas canônicas (2 Coríntios, Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses e Filemon).

Timóteo foi instruído no Antigo Testamento, pela sua mãe e sua avó (2 Timóteo 1:5), e muito bem instruído em seu ministério pelo apóstolo Paulo (1 Timóteo 3:14,15; 1:3,18). Capacitou e nomeou líderes espirituais para pastorear a igreja do Senhor (1 Timóteo 3:1-13; 5:17-25).

Timóteo combateu falsos ensinos e heresias da época (1 Timóteo 1:3-7; 4:1-8, 6:3-5,20,21).

Conclusão: Aprendemos muito com o apóstolo Paulo e com Timóteo. Com o apóstolo Paulo aprendemos a obedecer com muita responsabilidade a ordem de Jesus (Mateus 28:18-20), ensinando Timóteo a obedecer toda a Palavra de Deus e a exercer o seu ministério. E com Timóteo aprendemos a ser um filho amado, sempre disposto a aprender e a crescer na obra do Senhor.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

quarta-feira, 9 de março de 2016

Somos chamados para abençoar!

(Tiago 3:10) "Com a língua bendizemos ao Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim."

Amaldiçoar os nossos irmãos em Cristo, feitos à imagem e à semelhança de Deus, é algo totalmente contrário à Palavra de Deus.

Não podemos esquecer do segundo e grande mandamento: 
  • (Mateus 22:39b) "Ame o seu próximo como a si mesmo."

(1 Pedro 3)
(9) "Não retribuam mal com mal nem insulto com insulto; pelo contrário, bendigam; pois para isso vocês foram chamados, para receberem bênção por herança.
(10) Pois, quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade.
(11) Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança.
(12) Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos à sua oração, mas o rosto do Senhor volta-se contra os que praticam o mal."


Em Lucas 6:31 a Palavra de Deus nos ensina que nós devemos tratar as pessoas da mesma maneira como gostaríamos de sermos tratados. No Reino de Deus a vingança é inaceitável, devemos abençoar as pessoas que nos magoam e orar por elas.

Seguindo o exemplo de Jesus
(1 Pedro 2:21-23)
(21) "Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos.
(22) Ele não cometeu pecado algum, e nenhum engano foi encontrado em sua boca.
(23) Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça."


A tendência do homem natural é revidar quando é ofendido, mas nós como verdadeiros filhos de Deus devemos seguir o exemplo de Jesus, nos entregar nas mãos de Deus e permitir que ele julgue justamente.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 8 de março de 2016

A justiça pertence a Deus

(Romanos 12:19) "Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor."

Quando perdoamos os nossos ofensores, também somos perdoados por Deus (Mateus 6:12). Não podemos nos deixar vencer pela ira, porque a ira do homem, não opera a justiça de Deus (Tiago 1:20).


O sentimento de ira momentânea não é pecado. A Palavra nos ensina que devemos resolver o problema da ira antes do pôr do sol (Efésios 4:26). Não devemos deixar para liberar perdão somente quando a tristeza passar, devemos liberar perdão no mesmo dia, independentemente dos nossos sentimentos. 
  • Devemos declarar o perdão em voz alta para quem nos magoou.
Perdão é uma questão de obediência, de fé na Palavra de Deus. No mundo espiritual cadeias são quebradas por causa dessa atitude. Deus é um Deus de justiça e na hora certa Ele se levantará em nosso favor, não importa quão grande o problema possa parecer. Nada é impossível para Deus (Lucas 1:37).
  • Devemos deixar a justiça nas mãos d'Aquele que julga retamente.
                                           
Temos Um Grande Exemplo de Paciência e Vitória
(1 Samuel 24) 
(15) "O Senhor seja o juiz e nos julgue. Considere ele minha causa e a sustente; que ele me julgue, livrando-me de tuas mãos.
(16) Tendo Davi falado todas essas palavras, Saul perguntou: É você, meu filho Davi? E chorou em voz alta.
(17) Você é mais justo do que eu, disse ele a Davi. Você me tratou bem, mas eu o tratei mal. 
(18) Você acabou de mostrar o bem que me tem feito; o Senhor me entregou em suas mãos, mas você não me matou.
(19) Quando um homem encontra um inimigo e o deixa ir sem fazer-lhe mal? O Senhor o recompense com o bem, pelo modo como você me tratou hoje.
(20) Agora tenho certeza de que você será rei e de que o reino de Israel será firmado em suas mãos."


Davi foi perseguido por mais ou menos 10 anos pelo rei Saul. Por duas vezes Saul tentou matá-lo (1 Samuel 18:11). E por duas vezes teve Saul em suas mãos, mas não tocou em sua vida (1 Samuel 24:10). 
O Senhor permitiu que Davi enfrentasse muitas lutas, sofrimentos e humilhações. As provações que Davi passou foram "grandes provações".
Aos trinta anos de idade, Davi começou a reinar sobre Israel. Todas as lutas e provações que ele passou, contribuiu para torná-lo um rei justo, sábio, amado pelo povo e por Deus.
Quem não gostaria de receber um elogio desse de Deus? 
  • (Atos 13:22) "Encontrei em Davi, filho de Jessé, o tipo de pessoa que eu quero e que vai fazer tudo o que eu desejo."

Para meditar:
  • (Romanos 12:21) "Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem."
    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    Deus nos capacita para vencermos as tribulações

    A corça é um tipo de antílope da montanha que pode saltar livremente em superfícies íngremes, rochosas e difíceis. E o mais importante: sem escorregar. Esses animais sobem montanhas aparentemente sem nenhum esforço por causa da maneira como Deus o fez.

    PÉS como os da corça
    (Habacuque 3:19a) "O Senhor Soberano é a minha força; ele faz os meus pés como os da corça; ele me habilita a andar em lugares altos."
    • O que isso significa?
    Deus dará as pessoas que confiam n'Ele, força e confiança para vencer as tribulações, assim como Ele habilitou a corça para correr firmemente em terrenos acidentados e perigosos.

    A nossa fé em Deus não pode estar firmada em bênçãos, mas no próprio Deus. Não devemos nos paralisar pelo medo, pelo desânimo, pelo sofrimento. Devemos seguir servindo ao Senhor, mesmo em situações difíceis. Caminhando, caminhando e caminhando...
    • (2 Samuel 22;30) "Contigo posso avançar contra uma tropa; com o meu Deus posso transpor muralhas."
    Quando a nossa vida apresenta um quadro negativo, a melhor atitude é  buscar a força necessária no SenhorÉ muito fácil desistir em tempos de sofrimentos, qualquer um pode desistir, desde o mais fraco ao mais forte, mas só os perseverantes verão o glorioso final, que Deus dá aqueles que esperam n'Ele.
    • (Salmo 28:7) "O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria, e com o meu cântico lhe darei graças."
    Em tempos de tribulações devemos nos esconder nos lugares altos, ou seja, no lugar da adoração ao Senhor, acima das circunstâncias.

    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.


    Cooperadores do evangelho de Cristo

    (1 Tessalonicenses 3:2,3) "E, assim, enviamos Timóteo, nosso irmão e cooperador de Deus no evangelho de Cristo, para fortalecê-los e dar-lhes ânimo na fé, para que ninguém seja abalado por essas tribulações. Vocês sabem muito bem que fomos designados para isso."

    Deus usa as pessoas mais experientes na fé para fortalecer e encorajar os novos convertidos, ou aqueles que estão passando por tribulações. Paulo enviou Timóteo para ajudar os cristãos de Tessalônica a vencer as perseguições e dificuldades, pois eles precisavam amadurecer e ficar firmes na fé. O encorajamento é um dom precioso de Deus, e não deve ser negligenciado.
    • (1 João 5:4) "O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé."

    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    Que O Mundo Possa Ver Jesus Em Nossa Vida!

    (Filipenses 2:14,15) "Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio duma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo".
    • Você está brilhando como astro no mundo, em meio há uma geração corrompida e perversa? Ou a sua vida está cheia de murmurações e contendas?
    O nosso testemunho deve ser correto dentro e fora da igreja, para que o mundo veja a luz de Cristo BRILHANDO em nossas vidas.
    Deus não pode unificar a igreja que vive em confusão.
    Devemos apresentar para as pessoas as "Boas Novas" do Evangelho de Cristo.
    • (Mateus 5:14) "Vocês são a luz para o mundo".

    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    Quer Receber Mais Forças De Deus?

    (2 Crônicas 16:9) "Deus está sempre vigiando tudo o que acontece no mundo a fim de dar forças a todos os que são fiéis a ele com todo o coração".

    Nós pertencemos ao Reino dos céus que não pode ser abalado por força nenhuma, por isso devemos ser agradecidos a Deus, adorando-O com respeito e temor (Hebreus 12:28).

    Somos cidadãos dos céus, e não podemos ser murmuradores. Murmuração é sinal de imaturidade. A verdadeira fé é aquela que aceita as situações difíceis da vida, com um olhar positivo, sabendo que depois de cada prova vencida, ficaremos mais fortes.

    Devemos deixar que as provações trabalhem ao nosso favor enquanto nosso caráter e nossa maturidade são construídas.

    O nosso Deus está observando tudo o que acontece sobre a face da Terra. Nada escapa aos seus olhos, Ele está a procura de pessoas fiéis para fortalecê-las ainda mais. 
    • (Hebreus 4:13) "E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar".
    Para termos uma vida de sucesso em meios há tantas "lutas e provações", devemos estudar a Palavra de Deus e obedecê-la, só assim nossa fé crescerá e teremos mais resistência para enfrentá-las.

    A nossa fé em Deus nos capacita a suportar as adversidades da vida, e a cada prova vencida, nos tornamos mais fortes.
    • (Hebreus 11:1) "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova  das coisas que se não vêem".
    Não deixe que as "lutas e provações" matem a adoração que pertence ao nosso Deus. Nosso futuro está edificado sobre um sólido alicerce que não pode ser abalado. 

    E não podemos esquecer:
    • Deus é PODEROSO para desembaraçar o nosso caminho e nos dá a vitória.

    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    Fuja Da Aparência Do Mal

    (1 Tessalonicenses 5:22) "Afastam-se de toda a aparência do mal".

    Em (2 Coríntios 3:2) está escrito que nós cristãos somos cartas vivas e lidas por todas as pessoas. Temos que ser vigilantes, porque o diabo, o nosso inimigo, anda ao nosso derredor como leão, procurando a quem possa devorar (1 Pedro 5:8).
    Devemos manter nossos olhos abertos e não descer nossa guarda, porque qualquer pequena brecha é uma grande oportunidade para o diabo nos difamar, por isso Paulo nos adverte que não basta não praticar o mal, é necessário fugir de toda a aparência do mal.
    O cristão deve evitar qualquer situação que possa ser mal interpretada pelos outros.
    • A palavra "diabo" significa difamador.

    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    Está Sendo Perseguido? Abençoe!

    (Jó 42:10) "E o Senhor virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; o Senhor acrescentou a Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía".

    Esse versículo não é um princípio para recebermos as bênçãos de Deus, apenas um aprendizado que podemos colocar em prática.
    Somos ordenados por Deus a orar pelas pessoas que nos maltratam e nos perseguem:
    • (Mateus 5:44) "Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus".
    Devemos olhar as tribulações sempre pelo lado positivo. Deus permite as tribulações em nossas vidas para o nosso próprio crescimento. 
    A murmuração ofende o nosso Deus e atrai mais destruição. Devemos manter uma vida de ações de graças confiando totalmente na fidelidade de Deus, Ele faz com que todas as coisas contribuem ao nosso favor.
    Reconheça a grandeza de Deus e não permita que o desânimo e a tristeza tomem conta da sua vida.

    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    quarta-feira, 2 de março de 2016

    Alguns significados da palavra paz

    Em cada texto a palavra paz tem um significado:

    (Romanos 5:1; 15:13; Filipenses 4:7) - Paz mental, tranqüilidade que surge a partir da reconciliação com Deus de uma sensação de ter recebido o favor divino.

    (Lucas 1:79) - “o caminho da paz” significa o caminho da felicidade.

    (Lucas 10:6) - “filho da paz” significa filho da felicidade.

    (Romanos 8:6) - “evangelho da paz” significa evangelho da felicidade, aquele que leva à felicidade e à bem-aventurança.

    (2 Tessalonicenses 3:16) - “O Deus da paz” significa o autor e concededor da bem-aventurança.

    (Mateus 10:13; Lucas 10:6) - “Vossa paz” significa o bem ou bênçãos que temos em Cristo e dos quais compartilhamos por meio de saudação e bênção.

    (João 20:19,21,26) - Assim, na chegada, a saudação é “paz seja convosco” significando “todos os bons desejos”.

    (Lucas 10:5) - “Paz para esta casa” significa desejo tudo de melhor para esta casa.

    Que a PAZ de Deus permaneça em nossas vidas, em nossas famílias e em nossas casas. Em nome de Jesus, Amém!

    Pra. Angela Caldas.


    Significado da palavra GRAÇA em saudações

    Benevolência e boa vontade de Deus e Cristo, exercidas com relação aos homens incluindo a ideia de todo tipo de favor, bênção, bem, como proveniente de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo. 

    Em  introduções:
    • (Romanos 1:7) "A todos os que em Roma são amados de Deus e chamados para serem santos: A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo." 
    • (1 Coríntios 1:3) "A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo." 
    • (2 Coríntios 1:2) "A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo." 
    • (Gálatas 1:3) "A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo."
    • (Efésios 1:2) "A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo."
    • (Filipenses 1:2) "A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo."
    • (Colossenses 1:2b) " A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo." 
    • (1 Tessalonicenses 1:1) "Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses, em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo: A vocês, graça e paz da parte de Deus e de nosso Senhor Jesus Cristo."
    • (2 Tessalonicenses 1:2) "A vocês, graça e paz da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo." 
    • (1 Timóteo 1:2) "A Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, o nosso Senhor." 
    • (2 Timóteo 1:2) "A Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor."
    • (Tito 1:4b) "A graça seja com vocês."
    • (Filemon 1:3) "A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.' 
    • (1 Pedro 1:2b) "Graça e paz lhes sejam multiplicadas. 
    • (2 Pedro 1:2) "Graça e paz lhes sejam multiplicadas, pelo pleno conhecimento de Deus e de Jesus, o nosso Senhor."
    • (2 João 1:3) "A graça, a misericórdia e a paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, seu Filho, estarão conosco em verdade e em amor."
    • (Apocalipse 1:4b) "A vocês, graça e paz da parte daquele que é, que era e que há de vir, dos sete espíritos que estão diante do seu trono."

    Em encerramentos: 
    • (Romanos 16) (20b) "A graça de nosso Senhor Jesus seja com vocês." (24) "Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com vocês todos. Amém." 
    • (1 Coríntios 16:23) "A graça do Senhor Jesus seja com vocês." 
    • (2 Coríntios 13:14) "A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês." 
    • (Efésios 6:24) "A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo com amor incorruptível."
    • (Filipenses 4:23) "A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o espírito de vocês. Amém."
    • (Colossenses 4:18b) "A graça seja com vocês."
    • (1 Tessalonicenses 5:28) "A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com vocês."
    • (2 Tessalonicenses 3:18) A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vocês." 
    • (1 Timóteo 6:21b) "A graça seja com vocês."
    • (2 Timóteo 4:22b) "A graça seja com vocês."
    • (Tito 3:15b) "A graça seja com todos vocês."
    • (Filemon 1:25) "A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o espírito de todos vocês."
    • (Hebreus 13:25) "A graça seja com todos vocês."

    Que a GRAÇA de Deus permaneça em nossas vidas, em nossas famílias e em nossas casas. Em nome de Jesus, amém!

    Pra. Angela Caldas.