Translate

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Deus é o nosso protetor

Introdução: Em nossa caminhada cristã passamos por diversas provações (Tiago 1:2), mas Deus é o nosso protetor, podemos depositar a nossa confiança n’Ele.



(Salmo 121)
(1) Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro?
(2) O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.

O salmista faz a pergunta e responde: O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Ele confia exclusivamente que o Senhor que fez os céus e a terra, é poderoso para socorrê-lo.

(3) Ele não permitirá que você tropece; o seu protetor se manterá alerta,

Deus mesmo firmará os pés daqueles que olham para Ele. Firmará os pés com atenção, porque não cochila e não dorme, está sempre alerta.

(4) sim, o protetor de Israel não dormirá, ele está sempre alerta!

Protetor de Israel... Israel era a nação escolhida de Deus, era o povo da aliança. Israel tinha a Palavra escrita de Deus. Por causa do sacrifício de Jesus na cruz do Calvário, a igreja hoje é a continuação espiritual dessa aliança, Ele é o nosso Deus e também o nosso protetor. Deus não dorme, Ele está sempre alerta. 

(5) O Senhor é o seu protetor; como sombra que o protege, ele está à sua direita.

Deus mesmo é quem nos protegerá como sombra à nossa direita. Sempre ao nosso lado protegendo e trazendo descanso (Salmo 91:1). 

(6) De dia o sol não o ferirá, nem a lua, de noite.

Deus nos protegerá do calor e dos perigos do dia e nos protegerá do frio e dos perigos da noite.

(7) O Senhor o protegerá de todo o mal, 

Deus nos protegerá de todo o mal, seja ele qual for: Adversidades, aflições, calamidades, enfermidades...

A proteção de Deus não significa que o cristão não enfrentará provações, mas que Ele fará que todas as coisas cooperem para o seu bem (Romanos 8:28), (Gênesis 50:20).

Não precisamos temer nem a morte, porque estamos debaixo dos cuidados do nosso Pai celestial. O pior mal é perdermos a comunhão com Deus. 

protegerá a sua vida.

Não vamos perder a verdadeira vida. Aqui nesta terra a verdadeira vida é a nossa comunhão com Deus, e na eternidade a Vida Eterna.

 (8) O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre.

Deus mesmo protegerá todos os nossos passos até a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo.

Conclusão:

Podemos seguir o exemplo do salmista, podemos depositar a nossa confiança, a nossa vida e o nosso caminhar diário nas mãos de Deus.
  • (1 Coríntios 10:13) "Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Desfrutando uma vida de paz

Não é da vontade de Deus que nós vivamos:
  • Sofrendo com o passado.
  • Preocupando com o futuro.
Temos de aprender a desfrutar o dia de hoje. Isso só é possível quando decidimos confiar totalmente em Deus e viver uma vida de gratidão.

Para desfrutarmos uma vida de paz é preciso:

1) Esquecer o passado:


(Filipenses 3) 
(V.13) "Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante,

Devemos seguir o conselho do apóstolo Paulo:
  • Esquecendo-me - processo contínuo...
  • Avançando para - completamente estendido...
Toda a nossa atenção deve estar no que está por diante, e não no que ficou para trás; porque viver com a mente no passado nos impede de viver o novo de Deus em nossas vidas.

(V.14) prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus".
  • Prêmio do chamado celestial... Bênçãos eternas.
Paulo estava prosseguindo com esforço (santidade) em direção as recompensas do seu chamado (galardões e a Vida Eterna). E a maior recompensa é a vida Eterna.

O apóstolo estava seguindo os conselhos do Senhor Jesus:

  • (Mateus 6:20) "Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam."

2) Seguir em frente olhando para Jesus:

(Hebreus 12)
(V.1) "Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, 

Ele estava falando a respeito dos heróis da fé do capítulo 11, que nos deixou um grande exemplo de fé e de coragem para prosseguirmos e vencermos.

livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve,

  • Livremo-nos... Jogar para longe. 
A responsabilidade de abandonar aquilo que atrasa o nosso progresso é totalmente nossa. 

Quais os pecados que tem nos envolvido?
  • Falta de perdão
  • Ira
  • Adultério
  • Mentira...

Todos os dias estão diante de nós:
  • (Deuteronômio 30:19) "Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência."


e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta,
  • Temos que nos livrar de tudo aquilo que nos prejudica na vida cristã...
E depois começamos a corrida em direção as coisas eternas. Correr também fala de esforço... Porque não é preciso nenhum talento especial para desistir e sim para nos esforçarmos.

(V.2) tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé.

Se mantivermos os nossos olhos fitos em Jesus (Palavra) e não nas circunstâncias, Ele nos dará forças suficiente para vencermos.

Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus.

Jesus é o nosso exemplo maior. Ele não concentrou na agonia da cruz e sim na vitória que Ele iria alcançar como Salvador da humanidade. E foi exaltado ao estágio mais elevado da honra.
  • (Filipenses 2:9-11) "Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai."
Não podemos fixar à nossa atenção nos sofrimentos e sim em Jesus, e buscar n'Ele encorajamento, direção, todos os dias da nossa vida.

(V.3) Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem."


Nenhum sofrimento nosso se compara ao sofrimento de Jesus. Ele derramou até a última gota de sangue por nossos pecados.

3) Enfrentar todo o medo:
  • (2 Timóteo 1:7) "Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio."
(Isaías 41:10) "Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça."

Deus não quer que vivamos cheios de medo, porque o medo produz tormento na alma. 

Temos um Deus que nos encoraja a vencer todo o medo:

Deus fala:
  • Porque eu sou contigo.
  • Porque eu sou o teu Deus.
  • Eu te fortaleço.
  • E te ajudo.
E por fim Deus nos sustenta com a sua destra e fala:
  • E te sustento com a destra da minha justiça.
Por isso não precisamos nos entregar ao medo. Podemos ir em frente e agir que Ele cuidará de nós.

4) Orar sempre a respeito de tudo:


(Filipenses 4) 
(V.6) "Não andem ansiosos por coisa alguma,

Deus nos ordena a não andarmos preocupados...

mas em tudo, pela oração e súplicas,

Mas ordena que oremos a respeito de tudo...

e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.


Com uma vida de gratidão:
  • Palavras
  • Atitudes
(V.7) E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus"

Depois de orarmos e mantermos uma vida de gratidão... A paz de Deus guardará os nossos corações e as nossas mentes em Cristo Jesus.

5) Confiar no Senhor:

(Salmo 37:3) "Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança."
  • Confiar - sentir-se seguro, protegido.
Precisamos confiar na sabedoria de Deus para nos guiar.

Conclusão:

A verdadeira paz não é a ausência de problemas, mas uma paz interior que alcançamos em nossa união com Jesus, obedecendo os princípios da Palavra de Deus.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Princípios bíblicos para vencer a ansiedade

Introdução: Para vencermos a ansiedade que tanto nos desgasta, devemos aprender a orar corretamente, pensar corretamente e praticar os princípios da Palavra de Deus.

Orar corretamente:

(Filipenses 4:6) "Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus."

Paulo exorta os filipenses a não se perturbarem com seus próprios problemas, mas apresentá-los a Deus através de uma vida de oração com ação de graças.


Se nós obedecermos a esse princípio bíblico, o Senhor guardará em Cristo Jesus os nossos corações e as nossas mentes.
  • (Filipenses 4:7) "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus."

Complementar:
  • (Daniel 6:10) "Quando Daniel soube que o decreto tinha sido publicado, foi para casa, para o seu quarto, no andar de cima, onde as janelas davam para Jerusalém. Três vezes por dia ele se ajoelhava e orava, agradecendo ao seu Deus, como costumava fazer."

Pensar corretamente:


(Filipenses 4:8) "Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas."

Pensamentos incorretos também geram ansiedades. A nossa mente deve ser alimentada com pensamentos alinhados com a Palavra de Deus. 
  • (Romanos 12:2) "Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."

Viver corretamente:

(Filipenses 4:9) "Tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, ponham-no em prática. E o Deus da paz estará com vocês."

O verbo aprender, expressa o conceito de crescer no conhecimento e na prática da Palavra de Deus. 

Tudo aquilo que aprendemos devemos colocar em prática:
  • (Filipenses 3:17) "Irmãos, sigam unidos o meu exemplo e observem os que vivem de acordo com o padrão que lhes apresentamos."

Conclusão:

O nosso Deus e Pai nos ama e deseja cuidar de nós se confiarmos n'Ele e lançarmos sobre Ele todas as nossas ansiedades. 
  • (1 Pedro 5:7) "Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

domingo, 28 de janeiro de 2018

Conselhos práticos

Introdução: Alguns problemas que enfrentamos são por falta de conhecimento e prática da Palavra de Deus e podem ser evitados.
  • (Provérbio 4:7) “O conselho da sabedoria é: procure obter sabedoria; use tudo que você possui para adquirir entendimento.”

1) Não viver em função dos problemas ou das glórias do passado:

(Filipenses 3:13) “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim.”

A nossa atenção deve estar por diante, e não no que ficou para trás. Viver em função do passado nos impedirá de viver o hoje e de caminhar em direção à Vida Eterna.
  • (Filipenses 3:14) “Prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.”

2) Não intrometer nos negócios e nem na vida dos outros:

(1 Pedro 4:15) "Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios."
(Provérbio 26:17) "Como alguém que pega pelas orelhas um cão qualquer, assim é quem se mete em discussão alheia.”

Aconselhar as pessoas sem elas nos pedirem ajuda pode ser uma forma de procurarmos o sofrimento.

Complementar:
A pessoa humilde aceita conselhos mesmo quando ela não pede ajuda, mas aconselhar um orgulhoso é procurar sofrimento.

3) Tomar cuidado com as palavras:

(1 Pedro 3)
(10) “Pois, "quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade.
(11) Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança.

Pensar antes de falar...

Grande parte dos problemas que enfrentamos é por causa do mau uso da língua.

  • Não usar a língua para o mal: fofocas, calúnias, murmurações, mentiras...

Conselho de Tiago:
  • (Tiago 1:19,20) “Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se, pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.”

4) Escolher bem os amigos:

(Provérbio 13:20) "Aquele que anda com os sábios será cada vez mais sábio, mas o companheiro dos tolos acabará mal.”

Devemos tomar muito cuidado nas escolhas dos nossos amigos porque eles influenciam grandemente a nossa vida.
  • Amigos sábios nos levarão para um nível maior de sabedoria e podem nos advertir sobre perigos futuros.
  •  Amigos tolos nos envolverão em muitos problemas.

Conclusão:

A Palavra de Deus é um manual de vida e traz muitos conselhos para colocarmos em prática no nosso dia a dia.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

SABEMOS que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam...

(Romanos 8:28) “SABEMOS que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.

Não está escrito que todas as coisas são movidas por DEUS para nos fazer pessoas tão somente felizes. Mas que Deus age de todas as formas necessárias para o nosso bem (para o bem de quem O ama). Ou seja, Deus age para o nosso crescimento espiritual, para ficarmos mais parecidos com Jesus, para o cumprimento do propósito d’Ele em nossa vida...

Quando amamos a Deus, Ele, o nosso Pai Celestial, nos permite passar por diversas provações, não porque Ele gosta de nos ver sofrer, mas para gerar crescimento em nossa vida...
  • (Tiago 1:2-4) “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.” 

Devemos obedecer ao mandamento de buscar o Reino de Deus e a Sua justiça em primeiro lugar. Dessa forma, vamos agir com mais maturidade diante da dor, das perseguições, das situações que nos aborrecem.

SABEMOS que nada acontece por acaso na vida daqueles que amam a Deus.

Gosto muito da declaração de José do Egito:
  • (Gênesis 50:20) “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos.”

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.