Translate

segunda-feira, 27 de março de 2017

Seja forte e corajoso

Depois da morte de Moisés, Josué assumiu a liderança de Israel, pelas palavras que ele recebeu de Deus, percebemos que os seus pensamentos estavam dominados pelo medo por causa do tamanho da responsabilidade que ele estava assumindo...

Só para lembrar...

Quarenta anos antes, os israelitas tiveram a oportunidade de entrar em Canaã (a terra prometida), mas não confiaram que Deus era poderoso para lhes dar a vitória...

Olharam para o tamanho do obstáculo e esqueceram-se de todas as vitórias que já tinham alcançado.
  • Deus os havia tirado do Egito com grande poder.
  • Aberto o Mar Vermelho.
  • Destruído os seus inimigos...
A incredulidade seguida de murmuração os fez andar no deserto por 40 anos até morrer o último murmurador acima de 20 anos.

Agora estavam diante de Canaã: Josué, Calebe e uma geração de israelitas que sabiam que a incredulidade e a murmuração geram a destruição.

A estratégia...

A estratégia que Deus deu a Josué para vencer é totalmente ilógica aos olhos de quem não teme a Deus...
  • Ser forte e corajoso.
  • Falar, meditar e praticar a Palavra de Deus.

(Josué 1:1-9)
(1) "Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, disse o Senhor a Josué, filho de Num, auxiliar de Moisés:

A promessa da terra (2-4)

(2) Meu servo Moisés está morto. Agora, pois, você e todo este povo, preparem-se para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que eu estou para dar aos israelitas.
  • (Josué 3:15,16) "(O Jordão transborda em ambas as margens na época da colheita) Assim que os sacerdotes que carregavam a arca da aliança chegaram ao Jordão e seus pés tocaram as águas, a correnteza que descia parou de correr e formou uma muralha a grande distância, perto de uma cidade chamada Adã, nas proximidades de Zaretã; e as águas que desciam para o mar da Arabá, o mar Salgado, escoaram totalmente. E assim o povo atravessou o rio em frente de Jericó."

(3) Como prometi a Moisés, todo lugar onde puserem os pés eu darei a vocês.
  • (Números 23:10) “Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?
Deus já lhes havia prometido a terra, e era responsabilidade deles caminhar e tomar posse dela.

(4) Seu território se estenderá do deserto ao Líbano, e do grande rio, o Eufrates, toda a terra dos hititas, até o mar Grande, no oeste.

A promessa da presença d'Ele (5)

(5) Ninguém conseguirá resistir a você, todos os dias da sua vida.

Garantia da vitória.

Assim como estive com Moisés, estarei com você; 

Garantia da presença de Deus.

nunca o deixarei, nunca o abandonarei.
  • Deus não iria deixá-lo... Sozinho, abandonado, em apuros...
Josué deveria liderar o povo em total confiança porque ele venceria por causa da presença de Deus em sua vida.

Complementar:

Jesus declarou:
  • (Mateus 28:20b) "E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos."

A garantia que Ele manteria a Sua Palavra (6-9)

(6) Seja forte e corajoso

Não deixar o medo dominá-lo.

porque você conduzirá esse povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados.

Deus o mandou ser forte e corajoso para vencer os níveis de dificuldades que viriam pela frente.
  • Ele não poderia esperar pelo fracasso.

(7) Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou;
  • Obediência à Palavra de Deus.

não se desvie dela, nem para a direita nem para a esquerda,
  • Fidelidade total a Palavra de Deus... Um andar alinhado...

para que você seja bem sucedido por onde quer que andar.
  • O seu sucesso dependia da sua obediência, da sua fidelidade...

(8) Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido.


Falar:

Era costume dos israelitas sempre falar a Palavra de Deus tanto sozinhos quanto uns com os outros.
  • (Deuteronômio 6:6-7) "Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar."

Meditar:

A meditação dos israelitas era ler a Palavra de Deus em voz baixa mais audível.
Ele tinha que permitir que a Palavra de Deus transformasse à sua maneira de pensar.
  • (Romanos 12:2) “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."
Complementar:

A meditação gera temor:
  • (Deuteronômio 17:18-20) “Quando subir ao trono do seu reino, mandará fazer num rolo, uma cópia da lei, que está aos cuidados dos sacerdotes levitas para o seu próprio uso. Trará sempre essa cópia consigo e terá que lê-la todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer o Senhor, o seu Deus, e a cumprir fielmente todas as palavras desta lei, e todos estes decretos. Isso fará que ele não se considere superior aos seus irmãos israelitas e a não se desvie da lei, nem para a direita, nem para a esquerda. Assim prolongará o seu reinado sobre Israel, bem como o dos seus descendentes.”

Praticar:

Obediência... Viver segundo os princípios da Palavra de Deus.


Complementar:

Gosto muito dessa tradução que o meditar e praticar vem antes do falar...
  • (Josué 1:8) “Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.

(9) Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, 

Existem obstáculos... prosseguir...

pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar."

Pelas palavras que foram ditas a Josué... Com certeza ele estava com medo de fracassar na missão que Deus deu a Ele.

Deus ordenou a Josué ser forte e corajoso (4 vezes), mas garantiu a Sua presença, portanto, ele poderia caminhar em total confiança.
  • (Deuteronômio 31:23) "O Senhor deu esta ordem a Josué, filho de Num: "Seja forte e corajoso, pois você conduzirá os israelitas à terra que lhes prometi sob juramento, e eu próprio estarei com você."

Passos para vencer o medo:

1) Buscar conhecimento da Palavra de Deus:

(Romanos 10:17) “Consequentemente, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo."

A Palavra de Deus é geradora de fé. A fé é o único antídoto contra o medo.

2) Alinhar os pensamentos à Palavra de Deus:

(Romanos 12:2) “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."

O medo não pode ser alimentado em nossos pensamentos.
  • Substituir pensamentos de fracasso pela Palavra de Deus.

3) Alinhar as palavras à Palavra de Deus:

(Provérbio 18:21) "A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto."

Se ficarmos declarando palavras de derrota, elas vão nos contaminar. Se falarmos alinhados com a Palavra de Deus, a fé será gerada em nosso espírito.

4) Oração:

(Filipenses 4:6) "Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus."

Deus não quer que andemos ansiosos, temerosos... Mas Ele quer que tudo que nos aflige, seja apresentado a Ele em oração.
  • (Filipenses 4:7) "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus."

Conclusão:

Toda mudança de etapa a princípio pode gerar medo como aconteceu com Josué, mas a chave para o sucesso é:
  • Ser forte e corajoso.
  • Meditar, praticar e falar a Palavra de Deus.
E caminhar sempre para frente, fazendo o que é correto aos olhos do Senhor. É Deus quem nos garante a vitória.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Salmo 15

A fé em Cristo é o único caminho para o perdão dos pecados e o acesso à presença do Senhor. Mas se desejamos manter comunhão com o nosso Pai celestial e passar a eternidade com Ele, devemos viver segundo os Seus princípios.

Esse salmo de Davi começa com duas perguntas e prossegue com as respostas...

Somos direcionados a investigar o caminho:

(1) Senhor, quem habitará no teu santuário? Quem poderá morar no teu santo monte?
  • Somos direcionados a investigar qual o caminho que nos levará a uma íntima comunhão com o nosso Pai celestial e a passar a eternidade com Ele.

Somos direcionados a caminhar dessa maneira:
  • O nosso padrão de vida deve ser estabelecido pela Palavra de Deus.

(2) Aquele que é íntegro em sua conduta
  • Deus nos chama a ser moralmente reto.
Aquele que mantém um caráter irrepreensível.

Ser irrepreensível não significa que a pessoa não desliza em algum pecado.
  • (1 João 1:8) “Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. 
É ser uma pessoa temente ao Senhor, que procura viver segundo os princípios da Sua Palavra.
  • (Salmo 119:1) “Como são felizes os que andam em caminhos irrepreensíveis, que vivem conforme a lei do Senhor! 
Os pecados devem ser deslizes e não intencionais:
  • (Salmo 19:13) “Também guarda o teu servo dos pecados intencionais; que eles não me dominem! Então serei íntegro, inocente de grande transgressão.

E pratica o que é justo,

Aquele que pratica a justiça diariamente em seu relacionamento com o próximo.

A pessoa justa vai sempre agir de forma correta diante da lei, em todos os seus negócios, na forma de tratar com as pessoas...

que de coração fala a verdade

Aquele que sempre fala a verdade do fundo do seu coração, que não tem a intenção de enganar:
  • (Efésios 4:25) “Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo.
E fala a verdade em amor:
  • (Efésios 4:15) “Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.
Complementar:
  • Os conselhos para serem verdadeiros devem ser dados alinhados à Palavra de Deus, dentro do contexto de vida da pessoa e não em favor daquele que está aconselhando.

(3) e não usa a língua para difamar,

Ele não mancha a reputação das pessoas.

que nenhum mal faz ao seu semelhante

Inclui todo tipo de dano, maldade e pecado que se possa cometer de propósito contra uma pessoa.

e não lança calúnia contra o seu próximo,

Não faz das falhas dos outros o assunto da sua conversa. 

Se ele puder silencia uma calúnia, se não puder não levará adiante.
  • (Mateus 22:39b) “Ame o seu próximo como a si mesmo.
Complementar:
  • (Tiago 1:26) “Se alguém se considera religioso, mas não refreia a sua língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum! 

(4) que rejeita quem merece desprezo,
  • Criminoso, pessoa que pratica o mal.
Devemos reprovar o pecado:
  • (1 Coríntios 6:9,10) “Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus.”
Mas amar as pessoas... Dando a elas a oportunidade de conhecer a verdade:
  • (João 8:32) “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.”

mas honra os que temem ao Senhor,

Tratar com grande respeito às pessoas que amam a Deus.

que mantém a sua palavra, mesmo quando sai prejudicado,
  • Promessas feitas devem ser mantidas a não ser que esteja envolvido algum pecado.
Aquele que sofre prejuízo, mas não deixa de cumprir a palavra dada.
  • (Mateus 5:37) “Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’; o que passar disso vem do Maligno".
Mas diante da Palavra de Deus todos nós temos o direito de pedir para nos liberarem de uma palavra empenhada:
  • (Provérbio 6:1-5) “Meu filho, se você serviu de fiador do seu próximo, se, com um aperto de mãos, empenhou-se por um e caiu na armadilha das palavras que você mesmo disse, está prisioneiro do que falou. Então, meu filho, uma vez que você caiu nas mãos do seu próximo, vá e humilhe-se; insista, incomode o seu próximo! Não se entregue ao sono, não procure descansar. Livre-se como a gazela se livra do caçador, como a ave do laço que a pode prender.”

(5) que não empresta o seu dinheiro visando lucro
  • As taxas de juros chegavam a 50% ao ano.
Deus colocou princípios aos israelitas para emprestar dinheiro a juros.

Cobrar juros de uma pessoa necessitada era proibido pela lei israelita, mas permitido para os negócios com estrangeiros.
  • (Deuteronômio 23:19,20) “Não cobrem juros de um israelita, por dinheiro, alimento, ou qualquer outra coisa que possa render juros. Vocês poderão cobrar juros do estrangeiro, mas não do seu irmão israelita, para que o Senhor, o seu Deus, os abençoe em tudo o que vocês fizerem na terra em que estão entrando para dela tomar posse.”
  • (Provérbio 28:8) “Quem aumenta sua riqueza com juros exorbitantes ajunta para algum outro, que será bondoso com os pobres.
A Palavra de Deus não condena o ato de se receber juros por dinheiro emprestado, mas condena o ato de tirar proveito da dificuldade dos outros para receber juros.

Complementar:
(Êxodo 23:25), (Êxodo 23:9), (Levítico 19:33,34).

Davi elevou o padrão de justiça não fazendo diferença entre um irmão e um desconhecido necessitado.

nem aceita suborno contra o inocente.

Aquele que se recusa a mentir por dinheiro para condenar uma pessoa inocente.

O falso testemunho provoca o sofrimento das pessoas inocentes.
  • (Deuteronômio 16:19) “Não pervertam a justiça nem mostrem parcialidade. Não aceitem suborno, pois o suborno cega até os sábios e prejudica a causa dos justos.

Complementar:
Os juízes haviam sido advertidos a não aceitarem suborno: (Êxodo 23:8), (2 Crônicas 19:5-7).

Somos encorajados a caminhar desse modo:

Quem assim procede nunca será abalado!

Quem obedece aos princípios da Palavra de Deus caminha em segurança e com paz interior.
  • (Provérbio 1:33) “Mas quem me ouvir viverá em segurança e estará tranqüilo, sem temer nenhum mal.”

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 7 de março de 2017

O que não se vê é eterno

(2 Coríntios 4:18) "Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno."

Não podemos fixar os nossos olhos nas tribulações que enfrentamos hoje, e sim nas recompensas eternas, porque a nossa vida não termina aqui, Deus tem algo maravilhoso para cada cristão que perseverar até o fim obedecendo à Sua Palavra. 
  • (Hebreus 11:24-26) “Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou a desonra riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa.”⁠⁠⁠⁠

Graça e paz,
Pra. Angela Calas.