Translate

sábado, 27 de maio de 2017

Sinais de um verdadeiro crescimento espiritual

O desejo de Deus é que todo cristão cresça espiritualmente e alcance a maturidade espiritual:
  • (Efésios 4:13) "Até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo." 

1º) Temor ao Senhor:

(Provérbio 8:13) "Temer ao Senhor é odiar o mal; odeio o orgulho e a arrogância, o mau comportamento e o falar perverso."
    Temer ao Senhor é odiar aquilo que Deus odeia e a amar aquilo que Deus ama. A prática do pecado consciente diminui a cada dia, e a paz é perdida até diante dos deslizes.

    O temor ao Senhor é a base/alicerce de tudo, porque ele torna o cristão:
    • Sensível a voz do Espírito Santo.
    • Receptivo à Palavra de Deus.
    • Gera um desejo de obediência.

    2º) Desejo por alimento espiritual:

    (1 Pedro 2:2) "Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo."
    Assim como todo bebê deseja o leite materno, o cristão temente ao Senhor deve buscar a Palavra de Deus.

    Mas para o cristão crescer espiritualmente, este leite espiritual não pode ser "falsificado", isto é, corrompido pelo homem:
    • (2 Coríntios 2:17) "Porque não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus; antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus."
    É necessário aprender a ser um examinador da Palavra de Deus.
    • (Atos 17) (11) "Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo. (12) E creram muitos dentre os judeus, bem como dentre os gregos, um bom número de mulheres de elevada posição e não poucos homens."

    3º) Prática da Palavra de Deus:
    • (Tiago 1:22) "Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos."

    O cristão que só ouve a Palavra de Deus e não a pratica, regride espiritualmente:


    (Hebreus 5:11-14)


    (V.11) "Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir.

    Não existe crescimento espiritual sem o interesse pelo ouvir a Palavra de Deus. 

    (V.12) Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento.

    Quem não ouve a Palavra de Deus com atenção regride espiritualmente porque até as revelações que já recebeu de Deus será tirada.
    • (Marcos 4) (23) Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça! (24) "Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo", continuou ele. "Com a medida com que medirem, vocês serão medidos; e ainda mais lhes acrescentarão. (25) A quem tiver, mais lhe será dado; de quem não tiver, até o que tem lhe será tirado."

    Volta a precisar de leite espiritual, isto é dos primeiros ensinos:
    • Pecado
    • Arrependimento
    • Novo nascimento
    • Perdão
    • Justificação
    • Santificação
    • Fé...

    (V.13) Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino.

    Só saem da infância espiritual aqueles que se alimentam diariamente da Palavra de Deus.


    (V.14) Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal."


    Só alcança a maturidade espiritual através da oração, do conhecimento e prática da Palavra de Deus. Os praticantes têm a sua faculdade de percepção exercitada e sabem discernir com clareza tanto o bem e o mal.

    • (1 Tessalonicenses 5:22) "Abstende-vos de toda a aparência do mal."

    Oração de Salomão:

    • (1 Reis 3:9) "Dá, pois, ao teu servo um coração cheio de discernimento para governar o teu povo e capaz de distinguir entre o bem e o mal. Pois, quem pode governar este teu grande povo?"

    4º) Vida de gratidão:

    (Salmo 103:2) "Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios."

    Gratidão a Deus é um dos sinais de maturidade espiritual. As pessoas maduras não andam na prática da murmuração. Vivem uma vida de total dependência de Deus.

    5º) Confiança no Senhor:

    (Salmo 37:5) "Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá."

    Jesus apresentou a Deus como o nosso Pai celestial:
    • (Mateus 6:9) "Vocês, orem assim: "Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome."

    Um pai que quer o melhor para o seu filho:
    • (Mateus 7:11) "Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem!"

    O Pai celestial é onisciente, onipresente e onipotente. Ele conhece o futuro e sabe o que é melhor para cada um de Seus filhos. Precisamos aprender a entregar diariamente os nossos planos a Ele. Ele cuidará de todas as causas que colocarmos em Suas mãos.

    Conclusão

    Não se cresce espiritualmente do dia para a noite. É o caminhar com Deus conhecendo e obedecendo à Sua Palavra que levará o cristão ao verdadeiro crescimento.
      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.

      domingo, 7 de maio de 2017

      Aprendendo a não agir precipitadamente por causa da IRA

      A ira, quando colocada em prática, torna-se um obstáculo ao nosso crescimento espiritual e muitas vezes ao crescimento do Reino de Deus, pois sempre produz um resultado negativo. Ela machuca não só ao nosso próximo, como também a nós mesmos.

      Sem falar que as pessoas que andam na prática da ira não herdarão o Reino de Deus:


      (Gálatas 5)

      (19) “Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;
      (20) idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções
      (21) e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.”


      Conselho prático para vencer a ira

      (Tiago 1:19,20) "Meus amados irmãos, tenham isto em mente:


      Ou seja: Nunca se esqueçam.


      Sejam todos prontos para ouvir,


      Em primeiro lugar, ouvir a Palavra de Deus. Refere-se também ao versículo interior, porque somos gerados pela Palavra da verdade, e devemos ser guiados por ela:

      • (Tiago 1:18) “Por sua decisão ele nos gerou pela palavra da verdade, para que sejamos como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou.” 
      E aprender também a ouvir o nosso próximo – ouvir com inteligência.

      tardios para falar


      O melhor caminho para a sabedoria é pensar antes de falar.

      • (Tiago 1:26) “Se alguém se considera religioso, mas não refreia a sua língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum!” 

      e tardios para irar-se, 
      pois a ira do homem não produz a justiça de Deus."

      Agindo como ensinado anteriormente, é possível controlar a ira interna.

      1) Prontos para ouvir:

      (Provérbio 18:13) "Quem responde antes de ouvir, comete insensatez e passa vergonha.”

      É muito importante conhecermos todos os fatos antes de responder, principalmente quando tiver outras pessoas envolvidas: 
      • (Provérbio 18:17) “O primeiro a apresentar a sua causa parece ter razão, até que outro venha à frente e o questione.” 
      É muito importante ouvir e analisar primeiro para não cometermos injustiças.

      2) Tardios para falar:

      (Provérbio 13:3) "Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando."

      Devemos ser tardios em revelar aquilo que sentimos, porque palavras insensatas ditas em um momento de ira trazem muitos problemas. Precisamos desenvolver o hábito de ouvir o que as pessoas também têm a dizer.
      • (Provérbio 18:21) "A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto.” 

      3) Tardios para irar-se:

      (Provérbio 15:18) "O homem irritável provoca dissensão, mas quem é paciente acalma a discussão."

      Uma pessoa irada sempre se envolve em muitas confusões.

      Não podemos permitir que a ira se transforme em pecado, devemos resolvê-la no mesmo dia:
      • (Efésios 4:26,27) "Quando vocês ficarem irados, não pequem. Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha, e não deem lugar ao diabo." 

      4) A ira do homem não opera a justiça de Deus:

      (Romanos 12:19) Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor”.

      Deixar a correção nas mãos de Deus. Ele corrigirá na medida certa. 

      Nós devemos perdoar as pessoas que nos ofendem:
      • (Marcos 11:25) “E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados.” 

      Conclusão:

      Somos tentados a reagir diante das provações e dos problemas da vida com ira e indignação, mas isso além de não resolver os problemas, gera mais problemas ainda. Devemos nos entregar nas mãos do nosso Deus confiando que tudo está em seu controle e que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que O amam.
      • (Romanos 8:28) “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” 

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.


      quarta-feira, 3 de maio de 2017

      A murmuração é destrutiva

      (1 Coríntios 10:10) "E não murmureis, como também alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor."

      Há muito poder destrutivo na murmuração. Ela, além de nos enfraquecer, abre portas para a nossa própria destruição. Devemos manter uma vida de ações de graças em meio à tribulação.
      • (1 Tessalonicenses 5:18) "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.

      segunda-feira, 1 de maio de 2017

      Praticantes da Palavra de Deus

      O objetivo do nosso Pai celestial, não é para somente congregarmos em uma igreja e ouvir a Sua Palavra, mas ouvi-la, permitir que ela mude a nossa maneira de pensar e praticá-la.

      (Tiago 1)


      (22) “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.

      Somos ensinados a colocá-la em prática, logo depois de recebê-la:
      • Tornai-vos, pois, praticantes da Palavra...
      Só ouvir não nos levará para o céu, por isso a Palavra de Deus declara que os ouvintes são meros enganadores de si mesmos.  

      A prática da Palavra de Deus começa quando a ouvimos com atenção permitindo que a nossa mente seja renovada por ela:

      • (Romanos 12:2) "Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."
      Ouvir é muito importante, mas é necessário também obedecer.

      (23) Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não praticante, assemelha-se ao homem que contempla, num espelho, o seu rosto natural;
      (24) pois a si mesmo se contempla, e se retira, e para logo se esquece de como era a sua aparência.

      Quem só ouve a Palavra de Deus e não a pratica rapidamente a esquece.


      Recebemos de Deus segundo a nossa capacidade de ouvir. Quanto mais prestarmos atenção e praticarmos, mais receberemos entendimento da Sua Palavra: 
      • (Marcos 4:) (23) Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça! Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo", continuou ele. (24) "Com a medida com que medirem, vocês serão medidos; e ainda mais lhes acrescentarão. (25) A quem tiver, mais lhe será dado; de quem não tiver, até o que tem lhe será tirado.”

      (25) Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera

      Examina e mantém-se firme.

      não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.

      Os praticantes da Palavra de Deus serão bem-aventurados (abençoado, feliz, próspero) no que realizar.
      • Vão trabalhar e ver o resultado do seu trabalho (vai ser grandemente abençoado por Deus).

      Fé sem propósito, sem valor:

      (26) Se alguém supõe ser religioso, 

      Se julga temente a Deus.


      deixando de refrear a língua, 


      Aquele que fala demais...

      • Difama
      • Critica
      • Fofoca
      • Murmura
      • Amaldiçoa
      • Mente... 

      antes, enganando o próprio coração, a sua religião é vã.

      Na verdade está se enganando, porque a sua fé é sem valor:
      • (Tiago 3:10-12) "De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim. Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce."

      A Fé verdadeira produzirá uma vida correta:
      • Controle da língua.
      (27) A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações 
      • Amor ao próximo (cuidar dos necessitados e desamparados).
      e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo."
      • Resistência à tentação (vida íntegra). 

      A Palavra de Deus é vida e saúde 
      para quem a pratica

      (Provérbios 4)

      (20) “Filho meu, atenta para as minhas palavras; 

      É um chamado de atenção para a verdade que está sendo ensinada.

      aos meus ensinamentos inclina os ouvidos,
      • Ouvir com atenção. 
      • Ouvir com a intenção de obedecer.

      (21) Não os deixes aparta-se dos teus olhos;

      Manter uma vida de busca pelo conhecimento.

      guarda-os no mais íntimo do teu coração.

      A Palavra de Deus é muito preciosa, é o nosso manual de vida, devemos guardá-la no coração e ela nos protegerá diante das tentações, provações...
      • (Salmo 119:11) “Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti."

      (22) Porque são vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo."
      • Vida: alimento para o nosso espírito.
      • Saúde: remédio que cura as nossas enfermidades da alma e do corpo.

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.

      terça-feira, 4 de abril de 2017

      Vivendo a paz de Jesus

      A verdadeira paz não é a ausência de problemas, mas uma paz interior que recebemos em nossa união com Cristo, confiando e vivendo a Sua Palavra, porque enquanto vivermos nesse mundo enfrentaremos problemas.
      • (João 16:33) "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo.”

      Parte 1
      Cinco conselhos para não perdermos a paz:

      1) Não viver em função dos problemas ou da glória do passado:

      (Filipenses 3:13) “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim.”

      A nossa atenção deve estar por diante, e não no que ficou para trás. Viver em função do passado nos impedirá de viver o hoje e de caminhar em direção à Vida Eterna.
      • (Filipenses 3:14) “Prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.

      2) Viver um dia de cada vez:

      (Mateus 6:34) "Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.”
      • Todos os dias recebemos uma medida da graça de Deus para enfrentarmos o dia de hoje.
      O que nós podemos fazer é viver bem o dia de hoje, orando e resolvendo o que estiver ao nosso alcance e entregar aos cuidados de Deus através da oração aquilo que não temos condições nenhuma de resolver. Muitos problemas que preocupamos hoje nem chegam a acontecer.
      • Um bom orçamento mensal nos ajudará a vivermos em paz.

      3) Não intrometer nos negócios e nem na vida dos outros:

      (1 Pedro 4:15) "Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios."
      (Provérbio 26:17) "Como alguém que pega pelas orelhas um cão qualquer, assim é quem se mete em discussão alheia.”

      Devemos viver com sabedoria. Aconselhar as pessoas quando elas nos pedirem ajuda.

      Complementar:
      A pessoa humilde aceita conselhos mesmo quando ela não pede ajuda, mas aconselhar um orgulhoso é procurar sofrimento.

      4) Tomar cuidado com as palavras:

      (1 Pedro 3)
      (10) “Pois, "quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade.
      (11) Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança.

      Pensar antes de falar...

      Grande parte dos problemas que enfrentamos é por causa do mau uso da língua.
      • Não usar a língua para o mal: fofocas, calúnias, murmurações, mentiras...

      Conselho de Tiago:
      • (Tiago 1:19,20) “Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se, pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.

      5) Escolher bem os amigos:

      (Provérbio 13:20) "Aquele que anda com os sábios será cada vez mais sábio, mas o companheiro dos tolos acabará mal.”

      Devemos tomar muito cuidado nas escolhas dos nossos amigos porque eles influenciam grandemente a nossa vida.
      • Amigos sábios nos levarão para um nível maior de sabedoria e podem nos advertir sobre perigos futuros.
      • Amigos tolos nos envolverão em muitos problemas.

      Parte 2
      Aprendendo a desfrutar de paz interior

      1) Receber a paz que Jesus nos deixou:

      (João 14:27) "Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.”

      Jesus nos deixou a verdadeira paz como herança. É uma paz espiritual:
      • Descanso
      • Tranquilidade
      • Equilíbrio
      • Segurança
      Temos que aprender a receber essa paz, decidindo não meditar nos problemas e sim na Palavra de Deus.

      Nós temos duas escolhas:
      • Meditar no problema e ficarmos cada vez mais preocupados.
      • Meditar e praticar a Palavra de Deus e descansar em Sua fidelidade Deus.

      2) Colocar o Senhor no centro dos nossos projetos:

      (Isaías 26:3) “Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz cujo propósito é firme; porque ele confia em ti.”

      Quando confiamos em Deus, O colocamos no centro dos nossos projetos, e como resultado dessa entrega Ele mantém a nossa mente em paz.

      3) Lançar as ansiedades em Deus:

      (1 pedro 5:7) "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”
      • Significado da palavra lançar: Atirar com força para outra pessoa.
      A melhor solução contra as preocupações é lançá-las sobre Deus. Devemos lançar sobre Ele tudo que nos tira a paz, Deus está disposto a nos aliviar de todas as nossas ansiedades. Dando-nos escape ou nos fortalecendo para enfrentá-los. 

      É muito importante orarmos a respeito de tudo, antes de resolvermos qualquer problema, por menor que ele pareça.
      • (Efésios 3:20) "Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós.”
      Não deixar Deus de fora nem dos problemas aparentemente menores.
      Qualquer coisa que pedimos ou pensamos Deus é poderoso para fazer muito mais além...

      4) Semear a paz:

      (Mateus 5:9) “Felizes as pessoas que trabalham pela paz, pois Deus as tratará como seus filhos.”

      Ser um pacificador em qualquer ambiente. Os pacificadores são mais felizes.
      • (Gálatas 6:7,8) “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.”

      Conclusão:

      A verdadeira paz vem de Deus, não é a ausência de problemas, é a segurança de saber que temos um Deus que cuida de nós e que é poderoso para fazer infinitamente mais além daquilo que pedimos ou pensamos. É Deus quem guarda o nosso coração e os nossos pensamentos em paz, se vivermos segundo a Sua Palavra, orarmos e mantermos uma vida de gratidão.
      • (Filipenses 4:6,7) “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.”

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.

      sábado, 1 de abril de 2017

      A nossa força vem de Deus

      (Efésios 6:10) "Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder."

      A Palavra de Deus orienta para sermos fortes no Senhor e no seu forte poder, e não em nossa própria força. A força de que necessitamos para vencer as dificuldades diárias vem da nossa união com Cristo, ou seja, em nossa entrega, a fim de vivermos segundo os princípios da Sua Palavra. E isso inclui também uma vida de oração e comunhão com pessoas que também priorizam o Reino Deus.
      • (João 15:5) "Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma."⁠

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.


      segunda-feira, 27 de março de 2017

      Seja forte e corajoso

      Depois da morte de Moisés, Josué assumiu a liderança de Israel, pelas palavras que ele recebeu de Deus, percebemos que os seus pensamentos estavam dominados pelo medo por causa do tamanho da responsabilidade que ele estava assumindo...

      Só para lembrar...

      Quarenta anos antes, os israelitas tiveram a oportunidade de entrar em Canaã (a terra prometida), mas não confiaram que Deus era poderoso para lhes dar a vitória...

      Olharam para o tamanho do obstáculo e esqueceram-se de todas as vitórias que já tinham alcançado.
      • Deus os havia tirado do Egito com grande poder.
      • Aberto o Mar Vermelho.
      • Destruído os seus inimigos...
      A incredulidade seguida de murmuração os fez andar no deserto por 40 anos até morrer o último murmurador acima de 20 anos.

      Agora estavam diante de Canaã: Josué, Calebe e uma geração de israelitas que sabiam que a incredulidade e a murmuração geram a destruição.

      A estratégia...

      A estratégia que Deus deu a Josué para vencer é totalmente ilógica aos olhos de quem não teme a Deus...
      • Ser forte e corajoso.
      • Falar, meditar e praticar a Palavra de Deus.

      (Josué 1:1-9)
      (1) "Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, disse o Senhor a Josué, filho de Num, auxiliar de Moisés:

      A promessa da terra (2-4)

      (2) Meu servo Moisés está morto. Agora, pois, você e todo este povo, preparem-se para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que eu estou para dar aos israelitas.
      • (Josué 3:15,16) "(O Jordão transborda em ambas as margens na época da colheita) Assim que os sacerdotes que carregavam a arca da aliança chegaram ao Jordão e seus pés tocaram as águas, a correnteza que descia parou de correr e formou uma muralha a grande distância, perto de uma cidade chamada Adã, nas proximidades de Zaretã; e as águas que desciam para o mar da Arabá, o mar Salgado, escoaram totalmente. E assim o povo atravessou o rio em frente de Jericó."

      (3) Como prometi a Moisés, todo lugar onde puserem os pés eu darei a vocês.
      • (Números 23:10) “Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?
      Deus já lhes havia prometido a terra, e era responsabilidade deles caminhar e tomar posse dela.

      (4) Seu território se estenderá do deserto ao Líbano, e do grande rio, o Eufrates, toda a terra dos hititas, até o mar Grande, no oeste.

      A promessa da presença d'Ele (5)

      (5) Ninguém conseguirá resistir a você, todos os dias da sua vida.

      Garantia da vitória.

      Assim como estive com Moisés, estarei com você; 

      Garantia da presença de Deus.

      nunca o deixarei, nunca o abandonarei.
      • Deus não iria deixá-lo... Sozinho, abandonado, em apuros...
      Josué deveria liderar o povo em total confiança porque ele venceria por causa da presença de Deus em sua vida.

      Complementar:

      Jesus declarou:
      • (Mateus 28:20b) "E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos."

      A garantia que Ele manteria a Sua Palavra (6-9)

      (6) Seja forte e corajoso

      Não deixar o medo dominá-lo.

      porque você conduzirá esse povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados.

      Deus o mandou ser forte e corajoso para vencer os níveis de dificuldades que viriam pela frente.
      • Ele não poderia esperar pelo fracasso.

      (7) Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou;
      • Obediência à Palavra de Deus.

      não se desvie dela, nem para a direita nem para a esquerda,
      • Fidelidade total a Palavra de Deus... Um andar alinhado...

      para que você seja bem sucedido por onde quer que andar.
      • O seu sucesso dependia da sua obediência, da sua fidelidade...

      (8) Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido.


      Falar:

      Era costume dos israelitas sempre falar a Palavra de Deus tanto sozinhos quanto uns com os outros.
      • (Deuteronômio 6:6-7) "Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar."

      Meditar:

      A meditação dos israelitas era ler a Palavra de Deus em voz baixa mais audível.
      Ele tinha que permitir que a Palavra de Deus transformasse à sua maneira de pensar.
      • (Romanos 12:2) “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."
      Complementar:

      A meditação gera temor:
      • (Deuteronômio 17:18-20) “Quando subir ao trono do seu reino, mandará fazer num rolo, uma cópia da lei, que está aos cuidados dos sacerdotes levitas para o seu próprio uso. Trará sempre essa cópia consigo e terá que lê-la todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer o Senhor, o seu Deus, e a cumprir fielmente todas as palavras desta lei, e todos estes decretos. Isso fará que ele não se considere superior aos seus irmãos israelitas e a não se desvie da lei, nem para a direita, nem para a esquerda. Assim prolongará o seu reinado sobre Israel, bem como o dos seus descendentes.”

      Praticar:

      Obediência... Viver segundo os princípios da Palavra de Deus.


      Complementar:

      Gosto muito dessa tradução que o meditar e praticar vem antes do falar...
      • (Josué 1:8) “Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.

      (9) Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, 

      Existem obstáculos... prosseguir...

      pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar."

      Pelas palavras que foram ditas a Josué... Com certeza ele estava com medo de fracassar na missão que Deus deu a Ele.

      Deus ordenou a Josué ser forte e corajoso (4 vezes), mas garantiu a Sua presença, portanto, ele poderia caminhar em total confiança.
      • (Deuteronômio 31:23) "O Senhor deu esta ordem a Josué, filho de Num: "Seja forte e corajoso, pois você conduzirá os israelitas à terra que lhes prometi sob juramento, e eu próprio estarei com você."

      Passos para vencer o medo:

      1) Buscar conhecimento da Palavra de Deus:

      (Romanos 10:17) “Consequentemente, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo."

      A Palavra de Deus é geradora de fé. A fé é o único antídoto contra o medo.

      2) Alinhar os pensamentos à Palavra de Deus:

      (Romanos 12:2) “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."

      O medo não pode ser alimentado em nossos pensamentos.
      • Substituir pensamentos de fracasso pela Palavra de Deus.

      3) Alinhar as palavras à Palavra de Deus:

      (Provérbio 18:21) "A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto."

      Se ficarmos declarando palavras de derrota, elas vão nos contaminar. Se falarmos alinhados com a Palavra de Deus, a fé será gerada em nosso espírito.

      4) Oração:

      (Filipenses 4:6) "Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus."

      Deus não quer que andemos ansiosos, temerosos... Mas Ele quer que tudo que nos aflige, seja apresentado a Ele em oração.
      • (Filipenses 4:7) "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus."

      Conclusão:

      Toda mudança de etapa a princípio pode gerar medo como aconteceu com Josué, mas a chave para o sucesso é:
      • Ser forte e corajoso.
      • Meditar, praticar e falar a Palavra de Deus.
      E caminhar sempre para frente, fazendo o que é correto aos olhos do Senhor. É Deus quem nos garante a vitória.

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.