Translate

sábado, 27 de maio de 2017

Sinais de um verdadeiro crescimento espiritual

O desejo de Deus é que todo cristão cresça espiritualmente e alcance a maturidade espiritual:
  • (Efésios 4:13) "Até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo." 

1º) Temor ao Senhor:

(Provérbio 8:13) "Temer ao Senhor é odiar o mal; odeio o orgulho e a arrogância, o mau comportamento e o falar perverso."
    Temer ao Senhor é odiar aquilo que Deus odeia e a amar aquilo que Deus ama. A prática do pecado consciente diminui a cada dia, e a paz é perdida até diante dos deslizes.

    O temor ao Senhor é a base/alicerce de tudo, porque ele torna o cristão:
    • Sensível a voz do Espírito Santo.
    • Receptivo à Palavra de Deus.
    • Gera um desejo de obediência.

    2º) Desejo por alimento espiritual:

    (1 Pedro 2:2) "Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo."
    Assim como todo bebê deseja o leite materno, o cristão temente ao Senhor deve buscar a Palavra de Deus.

    Mas para o cristão crescer espiritualmente, este leite espiritual não pode ser "falsificado", isto é, corrompido pelo homem:
    • (2 Coríntios 2:17) "Porque não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus; antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus."
    É necessário aprender a ser um examinador da Palavra de Deus.
    • (Atos 17) (11) "Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo. (12) E creram muitos dentre os judeus, bem como dentre os gregos, um bom número de mulheres de elevada posição e não poucos homens."

    3º) Prática da Palavra de Deus:
    • (Tiago 1:22) "Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos."

    O cristão que só ouve a Palavra de Deus e não a pratica, regride espiritualmente:


    (Hebreus 5:11-14)


    (V.11) "Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir.

    Não existe crescimento espiritual sem o interesse pelo ouvir a Palavra de Deus. 

    (V.12) Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento.

    Quem não ouve a Palavra de Deus com atenção regride espiritualmente porque até as revelações que já recebeu de Deus será tirada.
    • (Marcos 4) (23) Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça! (24) "Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo", continuou ele. "Com a medida com que medirem, vocês serão medidos; e ainda mais lhes acrescentarão. (25) A quem tiver, mais lhe será dado; de quem não tiver, até o que tem lhe será tirado."

    Volta a precisar de leite espiritual, isto é dos primeiros ensinos:
    • Pecado
    • Arrependimento
    • Novo nascimento
    • Perdão
    • Justificação
    • Santificação
    • Fé...

    (V.13) Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino.

    Só saem da infância espiritual aqueles que se alimentam diariamente da Palavra de Deus.


    (V.14) Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal."


    Só alcança a maturidade espiritual através da oração, do conhecimento e prática da Palavra de Deus. Os praticantes têm a sua faculdade de percepção exercitada e sabem discernir com clareza tanto o bem e o mal.

    • (1 Tessalonicenses 5:22) "Abstende-vos de toda a aparência do mal."

    Oração de Salomão:

    • (1 Reis 3:9) "Dá, pois, ao teu servo um coração cheio de discernimento para governar o teu povo e capaz de distinguir entre o bem e o mal. Pois, quem pode governar este teu grande povo?"

    4º) Vida de gratidão:

    (Salmo 103:2) "Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios."

    Gratidão a Deus é um dos sinais de maturidade espiritual. As pessoas maduras não andam na prática da murmuração. Vivem uma vida de total dependência de Deus.

    5º) Confiança no Senhor:

    (Salmo 37:5) "Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá."

    Jesus apresentou a Deus como o nosso Pai celestial:
    • (Mateus 6:9) "Vocês, orem assim: "Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome."

    Um pai que quer o melhor para o seu filho:
    • (Mateus 7:11) "Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem!"

    O Pai celestial é onisciente, onipresente e onipotente. Ele conhece o futuro e sabe o que é melhor para cada um de Seus filhos. Precisamos aprender a entregar diariamente os nossos planos a Ele. Ele cuidará de todas as causas que colocarmos em Suas mãos.

    Conclusão

    Não se cresce espiritualmente do dia para a noite. É o caminhar com Deus conhecendo e obedecendo à Sua Palavra que levará o cristão ao verdadeiro crescimento.
      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.

      domingo, 7 de maio de 2017

      Aprendendo a não agir precipitadamente por causa da IRA

      A ira, quando colocada em prática, torna-se um obstáculo ao nosso crescimento espiritual e muitas vezes ao crescimento do Reino de Deus, pois sempre produz um resultado negativo. Ela machuca não só ao nosso próximo, como também a nós mesmos.

      Sem falar que as pessoas que andam na prática da ira não herdarão o Reino de Deus:


      (Gálatas 5)

      (19) “Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;
      (20) idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções
      (21) e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.”


      Conselho prático para vencer a ira

      (Tiago 1:19,20) "Meus amados irmãos, tenham isto em mente:


      Ou seja: Nunca se esqueçam.


      Sejam todos prontos para ouvir,


      Em primeiro lugar, ouvir a Palavra de Deus. Refere-se também ao versículo interior, porque somos gerados pela Palavra da verdade, e devemos ser guiados por ela:

      • (Tiago 1:18) “Por sua decisão ele nos gerou pela palavra da verdade, para que sejamos como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou.” 
      E aprender também a ouvir o nosso próximo – ouvir com inteligência.

      tardios para falar


      O melhor caminho para a sabedoria é pensar antes de falar.

      • (Tiago 1:26) “Se alguém se considera religioso, mas não refreia a sua língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum!” 

      e tardios para irar-se, 
      pois a ira do homem não produz a justiça de Deus."

      Agindo como ensinado anteriormente, é possível controlar a ira interna.

      1) Prontos para ouvir:

      (Provérbio 18:13) "Quem responde antes de ouvir, comete insensatez e passa vergonha.”

      É muito importante conhecermos todos os fatos antes de responder, principalmente quando tiver outras pessoas envolvidas: 
      • (Provérbio 18:17) “O primeiro a apresentar a sua causa parece ter razão, até que outro venha à frente e o questione.” 
      É muito importante ouvir e analisar primeiro para não cometermos injustiças.

      2) Tardios para falar:

      (Provérbio 13:3) "Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando."

      Devemos ser tardios em revelar aquilo que sentimos, porque palavras insensatas ditas em um momento de ira trazem muitos problemas. Precisamos desenvolver o hábito de ouvir o que as pessoas também têm a dizer.
      • (Provérbio 18:21) "A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto.” 

      3) Tardios para irar-se:

      (Provérbio 15:18) "O homem irritável provoca dissensão, mas quem é paciente acalma a discussão."

      Uma pessoa irada sempre se envolve em muitas confusões.

      Não podemos permitir que a ira se transforme em pecado, devemos resolvê-la no mesmo dia:
      • (Efésios 4:26,27) "Quando vocês ficarem irados, não pequem. Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha, e não deem lugar ao diabo." 

      4) A ira do homem não opera a justiça de Deus:

      (Romanos 12:19) Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor”.

      Deixar a correção nas mãos de Deus. Ele corrigirá na medida certa. 

      Nós devemos perdoar as pessoas que nos ofendem:
      • (Marcos 11:25) “E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados.” 

      Conclusão:

      Somos tentados a reagir diante das provações e dos problemas da vida com ira e indignação, mas isso além de não resolver os problemas, gera mais problemas ainda. Devemos nos entregar nas mãos do nosso Deus confiando que tudo está em Seu controle e que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que O amam.
      • (Romanos 8:28) “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” 

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.


      quarta-feira, 3 de maio de 2017

      A murmuração é destrutiva

      (1 Coríntios 10:10) "E não murmureis, como também alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor."

      Há muito poder destrutivo na murmuração. Ela, além de nos enfraquecer, abre portas para a nossa própria destruição. Devemos manter uma vida de ações de graças em meio à tribulação.
      • (1 Tessalonicenses 5:18) "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."

      Graça e paz,
      Pra. Angela Caldas.