Translate

quinta-feira, 21 de abril de 2016

A certeza da vitória

Introdução: Todos nós enfrentamos tribulações em nossa caminhada cristã, mas Deus é poderoso para nos conduzir em vitória. Davi teve essa certeza quando enfrentou o gigante Golias.

(1 Samuel 17)
(26b) “Quem é esse filisteu incircunciso para desafiar os exércitos do Deus vivo?”

Davi era um jovem corajoso e cheio de fé por isso enxergou a situação do ponto de vista de Deus, enquanto todos estavam colocando os seus olhos no gigante Golias.

Complementar:
  • Incircunciso é uma expressão para se referir a uma pessoa que não tinha uma aliança com o Senhor.
Nessa  época... Saul era o rei de Israel, se ele estivesse em comunhão com o Senhor teria obedecido às instruções de Deuteronômio 20 e conduzido o seu exército à vitória. Mas Saul era um covarde que começou o reinado escondido na bagagem (1 Samuel 10:22).

(43) “E disse a Davi: "Por acaso sou um cão para que você venha contra mim com pedaços de pau?" E o filisteu amaldiçoou Davi invocando seus deuses,
(44) e disse: "Venha aqui, e darei sua carne às aves do céu e aos animais do campo!”
  • É possível que ele tenha clamado por Dagom, o deus Filisteu.

(45) E Davi disse ao filisteu: "Você vem contra mim com espada, com lança e com dardo, mas eu vou contra você em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você desafiou.

Davi era um jovem rapaz que já tinha experiência em enfrentar leões e ursos para defender os rebanhos que estavam sob os seus cuidados, mas a sua confiança não estava na força do seu braço (Jeremias 17:5), e sim no Senhor (Êxodo 15:3), e Davi anunciou em alta voz (v.45).
Deus usa cada experiência que enfrentamos para provas maiores:
  • (Jeremias 12:5) "Se você correu com homens e eles o cansaram, como poderá competir com cavalos? Se você tropeça em terreno seguro, o que fará nos matagais junto ao Jordão?

(46) Hoje mesmo o Senhor o entregará nas minhas mãos, e eu o matarei e cortarei a sua cabeça. Hoje mesmo darei os cadáveres do exército filisteu às aves do céu e aos animais selvagens, e toda a terra saberá que há Deus em Israel.
(47) Todos que estão aqui saberão que não é por espada ou por lança que o Senhor concede vitória; pois a batalha é do Senhor, e ele entregará todos vocês em nossas mãos."

Antes mesmo de lutar, Davi já tinha a certeza da vitória, porque todas as lutas que ele já tinha enfrentado e vencido tinha aumentando a sua confiança em Deus (1 João 5:4) e Davi cria que do Senhor é a batalha. 
  • O nosso Deus nunca perdeu uma batalha e Ele não se limitava a força do seu povo, porque a batalha é d'Ele (v.47).

Conclusão:
Hoje nós não vencemos as nossas lutas no mundo físico e sim no mundo espiritual (Efésios 6:10,12). Quando oramos segundo a vontade de Deus (1 João 5:14,15), podemos ter a certeza, que no tempo certo (Eclesiastes 3:1), Deus nos concederá a vitória.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.


terça-feira, 5 de abril de 2016

Bênção sacerdotal

No Antigo Testamento, Deus colocou essa oração na boca dos sacerdotes para abençoar o Seu povo. Nós vemos aqui que esse sempre foi o desejo do Pai: "Abençoar os Seus filhos".

(Números 6)
(24) "O Senhor te abençoe
  • Garantia da bondade de Deus – Ele faz o bem por nós - Essa bênção é concedida a cada pessoa em particular.

e te guarde;
  •  Proteção do mal.

(25) o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti
  • O prazer da presença, do perdão e dos cuidados de Deus.

e te conceda graça;
  • Favor de Deus.

(26) o Senhor volte para ti o seu rosto
  •  Aprovação - Como se Deus olhasse para cada um de nós e manifestasse, com um sorriso, sua aprovação.

e te dê paz."
  • Segurança, felicidade, saúde, prosperidade, bem estar, tranqüilidade... Mesmo em meio às tempestades... 

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Benefícios do louvor a Deus

(Salmo 67:5-7) “Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te todos os povos. Que a terra dê a sua colheita, e Deus, o nosso Deus, nos abençoe! Que Deus nos abençoe, e o temam todos os confins da terra."

Resultado de louvar ao Senhor:

  • Entraremos em um tempo de colheitas.
  • Seremos abençoados por Deus em todas as áreas de nossa vida.
  • O nosso louvor resultará em bênçãos para nós e fará com que todos os povos temam ao Senhor.

Graça e paz,

Pra. Angela Caldas.

Salmo 92

Um salmo de confiança e gratidão

Desconhece-se o autor do salmo 92, mas pelo seu conteúdo vê-se que foi escrito por uma pessoa que tinha uma experiência pessoal com o Senhor, pois confiava plenamente em Sua justiça.
  • Este salmo era cantado nos cultos de sábado no santuário.

(Salmo 92:1-15)
(1) "Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo,
(2) anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade,

O salmista declarou que era PRAZEROSO...
  • Render graças e cantar louvores ao Senhor.
  • Anunciar de manhã o Seu amor leal e de noite a Sua fidelidade.
Ele experimentou do amor e da fidelidade de Deus.
  • A gratidão a Deus deve sempre estar em nosso coração e em nossos lábios.

(3) ao som da lira de dez cordas e da cítara, e da melodia da harpa.
  • O salmista gostava de render graças ao Senhor, ao som de instrumentos musicais.
Este salmo de ações de graças era cantado junto com estes instrumentos musicais:
  • Lira de dez cordas.
  • Cítara.
  • Harpa.

(4) Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos; as obras das tuas mãos levam-me a cantar de alegria.

Ele estava cantando de alegria porque tinha experimentado o favor de Deus.

(5) Como são grandes as tuas obras, Senhor,
  • As obras de Deus são inumeráveis... Impossíveis de contar...
O salmista expressou a sua admiração pelas obras de Deus que não podem ser medidas.
  • (Salmo 111:2) “Grandes são as obras do Senhor; nelas meditam todos os que as apreciam."
Complementar: A obra de Deus tanto em sua vida pessoal como em sua totalidade.

como são profundos os teus propósitos (pensamentos/ Palavra de Deus)!

E também expressou a sua admiração... Pela profundidade de Seus propósitos, que não podem ser sondados.
  • (Isaías 55:9) “Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos."

(6,7) O insensato não entende, o tolo não vê
  • Insensato, tolo – Pessoa ignorante, estúpida, sem valores nem discernimento.
Pessoa que não valoriza a sabedoria divina, a Palavra de Deus.

que, embora os ímpios brotem como a erva e floresçam todos os malfeitores, serão destruídos para sempre.

O insensato não entende, o tolo não vê que... Apesar de os ímpios brotarem como a erva (prosperarem por um tempo), breve e passageiro é o seu triunfo...
O mal existe por causa da paciência de Deus:
  • (2 Pedro 2:9) “Vemos, portanto, que o Senhor sabe livrar os piedosos da provação e manter em castigo os ímpios para o dia do juízo."
Complementar: A erva cresce na superfície do solo, não têm raízes profundas, e seu aspecto verdejante desaparece rapidamente. É inferior a palmeira e ao cedro. 
  • O salmista está fazendo um contraste entre a erva e o cedro e a palmeira (v.12).

Versículo-chave do salmo 92:

(8) Pois tu, Senhor, és exaltado para sempre.
  • O Todo-Poderoso... O que tem o controle de tudo...
Este versículo significa o governo soberano de Deus durante a eternidade...
  • (Salmo 75:6,7) “Não é do Oriente nem do Ocidente nem do deserto que vem a exaltação. É Deus quem julga: Humilha a um, a outro exalta."

(9) Mas os teus inimigos, Senhor, os teus inimigos perecerão; serão dispersos todos os malfeitores!

O salmista tem certeza do juízo de Deus... Por isso ele declara que todos os inimigos de Deus perecerão.
  • Vão passar a eternidade longe de Deus.
Complementar: Contraste entre o ímpio e o governo de Deus.

(10) Tu aumentaste a minha força como a do boi selvagem;

Deus supre de forma generosa com força física.
  • (Jó 39:9-11) "Será que o boi selvagem consentirá em servir você? e em passar a noite ao lado dos cochos do seu curral? Poderá você prendê-lo com arreio na vala? Irá atrás de você arando os vales? Você vai confiar nele, por causa da sua grande força? Vai deixar a cargo dele o trabalho pesado que você tem que fazer?

derramaste sobre mim óleo novo.

Deus revigora a nossa força enfraquecida.
  • Óleo novo: Raiz hebraica que significa bênçãos de vitalidade, saúde.

(11) Os meus olhos contemplaram a derrota dos meus inimigos; os meus ouvidos escutaram a debandada dos meus maldosos agressores.

O salmista lembra com gratidão a queda dos seus inimigos pessoais, que são os inimigos de Deus (v.9). A vitória dos ímpios é uma vitória passageira. Deus abate quem levanta contra o propósito d’Ele em nossa vida.

Nós não podemos esquecer que a vingança pertence a Deus.

  • (Romanos 12:19) “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor." 
Deus tem prazer na misericórdia e não no juízo.
  • (Tiago 2:13) "porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo!" 
Devemos perdoar os nossos inimigos:
  • (Marcos 11:25) "E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados." 
E abençoá-los. 
  • (Romanos 12:14) "Abençoem aqueles que os perseguem; abençoem, e não os amaldiçoem."

O cristão foi comparado a uma das características da palmeira e uma das características do cedro:

(12) Os justos florescerão como a palmeira,
  • Florescerão: Brotar, germinar...
A palmeira floresce o ano inteiro (frutifica o ano inteiro).

crescerão como o cedro do Líbano;

O cedro do Líbano cresce devagar, chegando a alcançar de 30 metros de altura por 15 metros de circunferência. Nos três primeiros anos de vida, as raízes crescem até 1,5 metros de profundidade, enquanto a planta mede somente cerca de 5 cm de altura. A partir dos quatro anos de idade ele começa a crescer 20 cm por ano. São sólidos, fortes e firmes.

Os cedros do Líbano são notáveis por seu tamanho e excelência:
  • (Isaías 2:13a) “Para todos os cedros do Líbano, altos e altivos."

NOSSA REALIDADE: 

Em Deus somos cristãos frutíferos, mas devemos crescer primeiro pelas raízes, nos consolidando pelo conhecimento da Palavra de Deus com a prática. O verdadeiro crescimento espiritual nos leva a uma vida de humildade no temor do Senhor. 

Complementar: A palmeira e o cedro são superiores a erva que cresce na superfície do solo.
  • O salmista está fazendo um contraste entre a erva (v.7) e o cedro e a palmeira.

(13) plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus.

Os justos são plantados na casa do Senhor, na presença do Senhor (terreno fértil e seguro)... Por isso florescerão eternamente... 

Somos plantados pela Sua graça mediante a fé.
  • (Efésios 2:8) “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus."

Vida longa para declarar a justiça de Deus:

(14) Mesmo na velhice darão fruto, permanecerão viçosos (Cheios de seiva) e verdejantes, 

Chegarão à velhice produzindo frutos espirituais (Por serem plantados na casa do Senhor/terem raízes na casa do Senhor).
  • Resultado de uma vida no temor do Senhor, estudando a Palavra de Deus vivificada pelo Espírito Santo – tudo por causa da obra de Jesus na cruz do Calvário. 

(15) para proclamar que o Senhor é justo.
  • Vida longa para proclamar que o Senhor é justo.
O salmista tinha plena certeza na justiça de Deus ao governar o mundo.
  • (Deuteronômio 32:4) “Ele é a Rocha, as suas obras são perfeitas, e todos os seus caminhos são justos. É Deus fiel, que não comete erros; justo e reto ele é."

Ele é a minha rocha; nele não há injustiça."

E estava alicerçado em uma fundação firme e inabalável. Sua declaração pessoal: Ele é a minha rocha.
  • (Hebreus 12:28) “Por isso, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade."

Conclusão:

Vemos neste salmo um justo que estava sendo injustiçado, mas que experimentou o favor de Deus em sua vida.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Somos chamados para boas obras

O que Deus espera de nós?

Deus espera de nós que nascemos de novo, que trabalhemos em Sua obra para o crescimento do Seu Reino.

O trabalho nasceu no coração do nosso Deus...
  • (Efésios 2:10) "Pois somos criação de Deus, realizada em Cristo Jesus para vivermos em boas obras, as quais Deus preparou no passado para que nós as praticássemos hoje."

Devemos trabalhar com inteireza de coração
(Há princípios importantes nesta passagem)

(Colossenses 3)
(23) "E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens,

Todo o nosso trabalho, deve ser feito com inteireza de coração... Com a intenção de agradarmos o nosso Deus...
  • (2 Crônicas 25:1-2) "Era Amazias da idade de vinte e cinco anos, quando começou a reinar, e reinou vinte e nove anos em Jerusalém: e era o nome de sua mãe Joadã, de Jerusalém. E fez o que era reto aos olhos do Senhor, porém não com inteireza de coração."

(24) conscientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que estais servindo!

Receberemos de Deus uma recompensa eterna para todo trabalho que fazemos com a intenção de agradá-Lo.

(25) Pois quem agir de forma injusta 
  • Quem agir... Com a intenção de prejudicar os outros...
receberá o devido pagamento da injustiça cometida; e nisto não há exceção para pessoa alguma."
  • O nosso Deus não tem protegidos... 
Tudo que o homem semear ele vai colher... Porque Deus não faz acepção de pessoas...
  • (Gálatas 6:7) "Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá."

Porque... O nosso trabalho no Senhor não é vão

(1 Coríntios 15:58) "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor."
  • Sede firmes - fidelidade pessoal a Deus.
  • Ser constante - manter essa fidelidade em tempos de tribulações.
  • Sempre abundantes - Sempre fazer mais do que nos é pedido.
Sabendo que o nosso trabalho não é vão no Senhor... Ou seja... Todos os nossos trabalhos no Senhor serão bem sucedidos...

Deus não se esquece de nenhum trabalho 
de nossas mãos

(Hebreus 6)
(9)  "Quanto a vós outros, no entanto, ó amados, estamos convencidos de que a vossa situação é muito melhor, sendo beneficiados com as bênçãos decorrentes da salvação.

Muitos desses cristãos estavam totalmente desanimados, querendo desistir do evangelho de Cristo...

(10) Portanto Deus não é injusto para se esquecer do vosso trabalho e do amor que revelastes para com o seu Nome, pois servistes os santos, e ainda os servis.

Eles foram incentivados a não desistirem, porque Deus não é injusto para se esquecer de todo o trabalho que eles já tinham feito e continuavam a fazer...

(11) Desejamos, contudo, que cada um de vós demonstre o mesmo esforço dedicado até o fim, para que tenhais a plena certeza da esperança, 

Devemos permanecer fiéis na esperança... e Continuarmos o nosso trabalho cristão:
  • Com boa vontade
  • Com zelo
  • Com cuidado... Até o fim... Porque muitos desistem no meio do caminho...


(12) de maneira que não nos torneis negligentes, 
  • Desleixados
  • Preguiçosos... No trabalho para o Senhor... (Romanos 12:11).


mas imiteis aqueles que, por intermédio da fé e da longanimidade, recebam a herança prometida."

Mas imitarmos aqueles (Antigo Testamento) que conservaram a obediência e a fé em cada provação que enfrentaram...

A qualidade do nosso trabalho
será provada pelo fogo

(1 Coríntios 3:11-15) 
(11) "Porque ninguém pode colocar outro fundamento além do que está posto, o qual é Jesus Cristo!

O fundamento da igreja deve ser o evangelho de Cristo.

(12) Se alguma pessoa edifica sobre esse alicerce utilizando ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno ou palha,

1º grupo:

Ouro, prata e pedras preciosas foram usadas na construção dos templos. Representa o trabalho precioso e aceito por Deus:
  • Ensino íntegro.
  • Vida cristã pura e saudável.
  • Trabalho com excelência... Tudo feito para a glória de Deus...

2º grupo:

Madeira, feno e palha eram destinas às casas sem grande valor. Representa:

  • Ensino inadequado, distantes dos princípios básicos da Palavra de Deus.
  • Vida cristã sem santidade.
  • Trabalho realizado para ser visto, sem sinceridade e pureza de coração, apenas como uma atividade profissional sem qualquer compromisso ético e moral com Deus e com as pessoas.

(13) sua obra será manifesta, porquanto o Dia a trará à luz; pois será revelada pelo fogo, que provará a qualidade da obra de cada um."
O juízo divino testará com fogo a qualidade espiritual das obras realizadas. 
  • Ouro
  • Prata
  • Pedras preciosas... Resistirá ao fogo...
  • Madeira
  • Feno 
  • Palha... Será consumida pelo fogo...
Aquele que ensina será julgado com mais severidade

(Tiago 3:1) "Caros irmãos, não vos torneis muitos de vós mestres, porquanto sabeis que nós, os que ensinamos, seremos julgados com maior rigor."

Os mestres estarão diante do tribunal de Cristo e serão julgados com maior severidade do que os outros. 
  • (Mateus 5:19) "Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus".

(14) Se o que alguém construiu permanecer, esse receberá recompensa.

As obras que passar pela justiça de Deus serão a base das recompensas por toda a eternidade...


(15) Se a obra de alguém se queimar, este sofrerá prejuízo; ainda assim, será salvo como alguém que escapa por entre as chamas do fogo."

Todas as obras que não passar pela justiça de Deus... Será queimada...
  • O cristão não perderá a salvação... Já que o tribunal de Cristo é para julgar a qualidade do nosso trabalho e não a nossa salvação...


Cada um deve exercer o dom que 
recebeu de Deus


(1 Pedro 4:10) "Cada um administre aos outros o dom como recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus."

A vontade perfeita de Deus para nós "irmãos" é que vivamos em unidade, um servindo ao outro com o seu dom em favor do crescimento do Reino de Deus.
  • Despenseiros - mordomos ou administradores que darão conta por terem usado ou não seu dom para a glória daquele que O concedeu a eles.
  • (Mateus 25:29,30) "Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes".


Os cinco ministérios trabalham em unidade para a edificação da igreja

(Efésios 4) 
(11) "E ele mesmo deu 

Jesus é que faz o chamado...

uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,


(12) Querendo o aperfeiçoamento dos santos, 
para a obra do ministério, 


Equipar a igreja para o serviço...

para edificação do corpo de Cristo; 


Para o crescimento espiritual de toda a igreja...

(13) Até que todos cheguemos à unidade da fé, 


Conhecimento apropriado de Cristo...

e ao conhecimento do Filho de Deus,


O que fez por nós na cruz...

a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo."


Levar todos a maturidade espiritual... O desejo de Deus é que todos cresçam espiritualmente...

O que Deus espera de nós em relação 
ao ensino da Palavra

(1 Coríntios 4)

Mordomia:

(V.1) "Portanto, todas as pessoas devem nos considerar servos de Cristo encarregados dos mistérios de Deus.

Somos responsáveis por ensinar a Palavra de Deus e teremos que prestar contas a Deus.

Fidelidade:
(V.2) Além disso, o que se requer de todos aqueles que têm essa responsabilidade é que vivam fielmente."

Deus não exige:
  • Eloquência em palavras.
  • Excelência em pensamento.
  • Sucesso.
Ele exige fidelidade a Ele e ao ensino da Palavra.


E não podemos esquecer:

(1 Coríntios 16:14) "Fazei tudo com grande amor fraternal."

O amor é a força que faz todas as outras qualidades cristãs trabalharem em total harmonia. 

Amor - Primeira virtude do fruto do Espírito Santo:

  • (Gálatas 5:22) "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança."
Amor prático:
  • Boa vontade.
  • Fazer o nosso melhor.
  • Respeitar os nossos irmãos.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Restauração financeira

Precisamos alinhar nossa vida financeira à Palavra de Deus, porque não podemos permitir que ela nos tire do centro da vontade de Deus ou até mesmo nos tire a salvação. Muitos cristãos estão sendo destruídos na vida financeira, não por causa do diabo, mas por falta de sabedoria.

A Palavra de Deus declara em:
  • (Provérbios 4:7) “A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento."
O entendimento da Palavra de Deus vale mais do que todo o investimento empregado para conquistá-lo.

Temos de investir:

Oração:
  • (Tiago 1:5) “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada."

Tempo e dinheiro... Para crescermos em sabedoria... A nossa vida depende disso...


Para iniciar essa ministração nós temos que entender...
O que é prosperidade bíblica?

A palavra prosperidade além de riquezas, inclui:
  • Saúde
  • Bem estar
  • Paz
  • Totalidade
  • Segurança
  • Saúde
  • Sossego
  • Tranquilidade
  • Satisfação


O que a Palavra de Deus declara sobre prosperidade?

Vamos ler alguns versículos...

(Salmo 35:27) “Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O Senhor seja engrandecido, o qual ama a prosperidade do seu servo."
  • Ama – Deus tem prazer na prosperidade dos seus servos.

(Filipenses 4:19) “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus."
  • Suprirá – Tornar cheio, completo, suprir liberalmente...

(Deuteronômio 8:18) “Mas, lembrem-se do Senhor, do seu Deus, pois é ele que lhes dá a capacidade de produzir riqueza, confirmando a aliança que jurou aos seus antepassados, conforme hoje se vê."
  • Produz riqueza – Fartura.

(Provérbios 10:22) “A bênção do Senhor traz riqueza, e não inclui dor alguma."
  • Traz riqueza – Torna rico.
  • Dor – Ferida, trabalho árduo.

(Mateus 6:33) “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas."
  • Reino de Deus – Governo de Deus.
  • Justiça – Vida íntegra; pensamento, sentimento e ação corretos.
Nós vemos...
  • Que Deus é generoso.
  • Ele quer que prosperemos.
Mas... Temos que viver segundo à Sua Palavra.

Todos os cristãos são abençoados por Deus

Embora atualmente está parábola tem sido utilizada para ensinar sobre os nossos dons, ministérios e todos os tipos de habilidades pessoais, no original grego ela fala de finanças.

Aprendemos com o Senhor Jesus:

(Mateus 25:14-30)
14 "E também será como um homem que, ao sair de viagem, chamou seus servos e confiou-lhes os seus bens.
  • 100% é de Deus.
Somos apenas administradores das bênçãos que Deus coloca em nossas mãos.

Bens (grego):
  • Prosperidade
  • Possessões
  • Mercadoria
15 A um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um; a cada um de acordo com a sua capacidade. Em seguida partiu de viagem.
  • Ninguém pode reclamar que não está recebendo nada. Todos receberam.
  • Recebemos de Deus conforme a nossa capacidade (habilidade, inteligência, sabedoria, competência).
  • A nossa capacidade administrativa pode ser desenvolvida.
Só para entendermos melhor, em Israel:
  • 1 talento de prata = 45 kg
  • 1 talento de ouro = 91 kg

16 O que havia recebido cinco talentos saiu imediatamente, aplicou-os, e ganhou mais cinco.
17 Também o que tinha dois talentos ganhou mais dois.
18 Mas o que tinha recebido um talento saiu, cavou um buraco no chão e escondeu o dinheiro do seu senhor.
19 "Depois de muito tempo

Deus é longânimo.

o senhor daqueles servos voltou e acertou contas com eles.


Vemos... Que tem o dia do acerto de contas...
Seremos aprovados ou reprovados.

No texto original está escrito: “Ele se reuniu com eles para fazer as contas".

Como eu tenho administrado aquilo que Deus tem colocado em minhas mãos?
  • (Romanos 14:12) “Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus."
O bom administrador tira primeiro o que é de Deus:
  • Dízimo
  • Ofertas
20 O que tinha recebido cinco talentos trouxe os outros cinco e disse: ‘O senhor me confiou cinco talentos; veja, eu ganhei mais cinco’.
21 "O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!'
22 "Veio também o que tinha recebido dois talentos e disse: ‘O senhor me confiou dois talentos; veja, eu ganhei mais dois’.
23 "O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!'

A Palavra de Deus declara:
  • (Lucas 16:10) "Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito, e quem é desonesto no pouco, também é desonesto no muito."

Vemos o que Deus espera de nós:
  • Um bom caráter.
  • Fidelidade em administrar as bênçãos que Ele coloca em nossas mãos.
Porque o elogio não foi por causa da capacidade administrativa, e sim por causa do caráter e da fidelidade.

24 "Por fim veio o que tinha recebido um talento e disse: ‘Eu sabia que o senhor é um homem severo, que colhe onde não plantou e junta onde não semeou.

25 Por isso, tive medo, saí e escondi o seu talento no chão. Veja, aqui está o que lhe pertence’.

Não podemos “esconder” o nosso dinheiro, seja muito ou seja pouco ele deve ser bem administrado. O nosso melhor investimento é na obra de Deus, porque semeamos aqui e colhemos aqui e na eternidade.

26 "O senhor respondeu: ‘Servo mau e negligente!

Ele não foi fiel nas finanças.
  • Caráter mau.
  • Negligente - lento, descuidadopreguiçoso.

Você sabia que eu colho onde não plantei e junto onde não semeei?
27 Então você devia ter confiado o meu dinheiro aos banqueiros, para que, quando eu voltasse, o recebesse de volta com juros.
28 " ‘Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez.
29 Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado.
  • Tire do infiel e dê ao fiel.
Quanto melhor administrarmos, mais receberemos de Deus. Se não administrarmos bem, perderemos nossas bênçãos financeiras.

30 E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes."

O infiel nas finanças perderá até a sua salvação.

A organização, a gratidão... Vem antes da
Multiplicação...

Aprendemos com o Senhor Jesus:

(Marcos 6:35-44)
35 "Já era tarde e, por isso, os seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: "Este é um lugar deserto, e já é tarde.
36 Manda embora o povo para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar algo para comer".
37 Ele, porém, respondeu: "Dêem-lhes vocês algo para comer". Eles lhe disseram: "Isto exigiria duzentos denários! Devemos gastar tanto dinheiro em pão e dar-lhes de comer? "
38 Perguntou ele: "Quantos pães vocês têm? Verifiquem". Quando ficaram sabendo, disseram: "Cinco pães e dois peixes".
39 Então Jesus ordenou que fizessem todo o povo assentar-se em grupos na grama verde.
40 Assim, eles se assentaram em grupos de cem e de cinqüenta.

Antes de multiplicar os 5 pães e 2 peixes, teve organização, dividiu a população em grupos.
  • Temos que nos organizar antes de sermos abençoados financeiramente.
A organização deve começar pela parte de Deus:
  • Dízimo
  • Ofertas
Depois manter uma lista de prioridades.

41 Tomando os cinco pães e os dois peixes e, olhando para o céu,

Olhou para o céu... Temos que entender que é Deus que nos abençoa, Ele é o nosso provedor:
  • (Mateus 6:11) “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje."
deu graças e partiu os pães.

Era gratidão pelo Senhor que nos abençoa com o pão.
  • (Deuteronômio 8:10) “Depois que tiverem comido até ficarem satisfeitos, louvem ao Senhor, o seu Deus, pela boa terra que lhe deu."
Segundo estudiosos... A oração de ações de graças do povo judeu:
  • “Bendito sejas Tu, Senhor nosso Deus, Rei do mundo, que produziste o pão da terra."

Em seguida, entregou-os aos seus discípulos para que os servissem ao povo. E também dividiu os dois peixes entre todos eles.
42 Todos comeram e ficaram satisfeitos,
43 e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e de peixe.
44 Os que comeram foram cinco mil homens."
  • E Deus nos abençoará de forma generosa.

Integridade financeira

(2 Reis 4:1-7)
1 "Certo dia, a mulher de um dos discípulos dos profetas foi falar a Eliseu: "Teu servo, meu marido, morreu, e tu sabes que ele temia o Senhor. Mas agora veio um credor que está querendo levar meus dois filhos como escravos".

Ele era um discípulo da escola de profeta, morreu e deixou dívidas para sua família pagar.

2 Eliseu perguntou-lhe: "Como posso ajudá-la? Diga-me, o que você tem em casa? " E ela respondeu: "Tua serva não tem nada além de uma vasilha de azeite".
3 Então disse Eliseu: "Vá pedir emprestadas vasilhas a todos os vizinhos. Mas, peça muitas.
4 Depois entre em casa com seus filhos e feche a porta. Derrame daquele azeite em cada vasilha e vá separando as que você for enchendo".
5 Depois disso, ela foi embora, fechou-se em casa com seus filhos e começou a encher as vasilhas que eles lhe traziam.
6 Quando todas as vasilhas estavam cheias, ela disse a um dos filhos: "Traga-me mais uma". Mas ele respondeu: "Já acabaram". Então o azeite parou de correr.

Conselho do profeta de Deus:
7 Ela foi e contou tudo ao homem de Deus, que lhe disse: "Vá, venda o azeite e pague suas dívidas. E você e seus filhos ainda poderão viver do que sobrar"."
  • Vá... VENDA o azeite e PAGUE suas dívidas, e viva do que sobrar.
Manter uma boa reputação
  • (Provérbios 22:1) “A boa reputação vale mais que grandes riquezas; desfrutar de boa estima vale mais que prata e ouro."

IMPORTANTE: Manter domínio próprio na hora de comprar
(Saber controlar desejos e paixões)

(Gálatas 5:22,23) “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei."

Antes de contrairmos uma dívida, temos que fazer as seguintes perguntas:
  • É prioridade ou é desejo?
  • Eu tenho condições de pagar?
Temos que manter uma lista de prioridades... Para não nos deixar levar pelo desejo...
  • Primeiro devemos comprar as prioridades, sobrando dinheiro... Os desejos.
Se não sobrar, aguardar o tempo de Deus com gratidão.


Devemos trabalhar como se tivéssemos trabalhando para o Senhor

(Colossenses 3:23-25)“Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens,
(24) sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo.
  • No lugar onde eu tenho sido abençoado financeiramente eu tenho trabalhado com honestidade? Tenho feito o meu melhor?
  • O meu serviço tem sido aprovado por Deus?
Para Deus nos abençoar temos que ser íntegros, temos que trabalhar como se trabalhássemos para o Senhor.

Temos que construir uma boa reputação, um bom nome.
  • Primeiro: Diante de Deus.
  • Depois: Diante dos homens.

(25) Quem cometer injustiça receberá de volta injustiça, e não haverá exceção para ninguém."

Deus não é injusto. Para Ele nos abençoar financeiramente temos que fazer o nosso trabalho com excelência.


Honra pai e mãe

(Efésios 6:1-3) “Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo."Honra teu pai e tua mãe", este é o primeiro mandamento com promessa:"para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra."
  • Honrar: Dar valor, tratar bem, tratar com respeito.
  • Para que tudo te corra bem: Prosperidade, felicidade.


Ouvir a voz dos profetas de Deus que está
sobre as nossas vidas

(2Crônicas 20:20b) “Crede no Senhor, vosso Deus, e estarei seguros; crede nos seus profetas e prosperareis."

Buscar antes de tomar decisões:
  • Conselhos (direção).
  • Oração.

Aprendendo a lei da semeadura:
  • (Gálatas 6:6) “O que está sendo instruído na palavra partilhe todas as coisas boas com quem o instrui."
  • (Gálatas 6:7,8) “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna."

1) Dízimos:

(Malaquias 3:10) “Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova", diz o Senhor dos Exércitos, "e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las."

É para o sustento da casa do Senhor.
  • Os dízimos abrem as janelas do céu para a prosperidade de forma abundante.
Corresponde a 10% do nosso salário.

2) Ofertas:
  • Crescimento do Reino de Deus.
O valor não é estipulado, mas elas multiplicam a nossa renda na proporção da nossa generosidade.

(2 Coríntios 9:6) “Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente."

(Lucas 6:38) “Dêem, e lhes será dado: uma boa medida,
  • Vasilha

calcada,
  • Imprensar, prensar junto

sacudida
  • Causar agitação

e transbordante será dada a vocês.

  • Derramar além da medida

Pois a medida que usarem, também será usada para medir vocês."

(Provérbios 11:25) “O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá."
  • (Mateus 6:3) “Mas quando você der esmola, que a sua mão esquerda não saiba o que está fazendo a direita."


Aprendendo com o filho pródigo:

(Lucas 15:11-24)
(11) "Jesus continuou: "Um homem tinha dois filhos.
(12) O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles.

A família aqui é de classe social elevada, com considerável riqueza, prestígio e influência.

(13) "Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente.
(14) Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade.

Ele não passou necessidade porque houve fome naquela região... Ele passou necessidade:
  • Gastou tudo de forma irresponsável.
  • Não preocupou em economizar.
  • Não arrumou emprego.

(15) Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos.
(16) Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.

Os judeus eram proibidos de comer carne de porco, mas podiam criá-los e vendê-los aos gentios.
  • Mas era o serviço mais baixo da escala social.

(17)"Caindo em si, ele disse:‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome!

PRIMEIRO passo para a restauração financeira: Cair em Si.Reconhecer o próprio estado.

(18) Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti.

SEGUNDO passo para a restauração financeira: Decidir concertar o que está errado.

(19) Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados’.
(20) A seguir, levantou-se e foi para seu pai.

TERCEIRO passo para a restauração financeira: Levantar e caminhar em direção a restauração.

"Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou.
(21) "O filho lhe disse: ‘Pai, pequei contra o céu e contra ti.

QUARTO passo para a restauração financeira: Confessar o pecado.

É pecado:
  • Gastar dinheiro de forma irresponsável.
  • Gastar mais que as nossas possibilidades econômicas.
  • Não pagar as contas.
  • Ser infiel com o Senhor.

Não sou mais digno de ser chamado teu filho.

QUINTO passo para a restauração financeira: Humilhar aos pés de Jesus.
  • (2 Crônicas 7:14) “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra."

(22) "Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés.
(23) Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e comemorar.
(24) Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’. E começaram a festejar."

Deus está sempre de braços abertos para nos restaurar.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.