Translate

terça-feira, 8 de março de 2016

A justiça pertence a Deus

(Romanos 12:19) "Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor."

Quando perdoamos os nossos ofensores, também somos perdoados por Deus (Mateus 6:12). Não podemos nos deixar vencer pela ira, porque a ira do homem, não opera a justiça de Deus (Tiago 1:20).


O sentimento de ira momentânea não é pecado. A Palavra nos ensina que devemos resolver o problema da ira antes do pôr do sol (Efésios 4:26). Não devemos deixar para liberar perdão somente quando a tristeza passar, devemos liberar perdão no mesmo dia, independentemente dos nossos sentimentos. 
  • Devemos declarar o perdão em voz alta para quem nos magoou.
Perdão é uma questão de obediência, de fé na Palavra de Deus. No mundo espiritual cadeias são quebradas por causa dessa atitude. Deus é um Deus de justiça e na hora certa Ele se levantará em nosso favor, não importa quão grande o problema possa parecer. Nada é impossível para Deus (Lucas 1:37).
  • Devemos deixar a justiça nas mãos d'Aquele que julga retamente.
                                           
Temos Um Grande Exemplo de Paciência e Vitória
(1 Samuel 24) 
(15) "O Senhor seja o juiz e nos julgue. Considere ele minha causa e a sustente; que ele me julgue, livrando-me de tuas mãos.
(16) Tendo Davi falado todas essas palavras, Saul perguntou: É você, meu filho Davi? E chorou em voz alta.
(17) Você é mais justo do que eu, disse ele a Davi. Você me tratou bem, mas eu o tratei mal. 
(18) Você acabou de mostrar o bem que me tem feito; o Senhor me entregou em suas mãos, mas você não me matou.
(19) Quando um homem encontra um inimigo e o deixa ir sem fazer-lhe mal? O Senhor o recompense com o bem, pelo modo como você me tratou hoje.
(20) Agora tenho certeza de que você será rei e de que o reino de Israel será firmado em suas mãos."


Davi foi perseguido por mais ou menos 10 anos pelo rei Saul. Por duas vezes Saul tentou matá-lo (1 Samuel 18:11). E por duas vezes teve Saul em suas mãos, mas não tocou em sua vida (1 Samuel 24:10). 
O Senhor permitiu que Davi enfrentasse muitas lutas, sofrimentos e humilhações. As provações que Davi passou foram "grandes provações".
Aos trinta anos de idade, Davi começou a reinar sobre Israel. Todas as lutas e provações que ele passou, contribuiu para torná-lo um rei justo, sábio, amado pelo povo e por Deus.
Quem não gostaria de receber um elogio desse de Deus? 
  • (Atos 13:22) "Encontrei em Davi, filho de Jessé, o tipo de pessoa que eu quero e que vai fazer tudo o que eu desejo."

Para meditar:
  • (Romanos 12:21) "Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem."
    Graça e paz,
    Pra. Angela Caldas.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Registre e compartilhe conosco uma experiência vivida ou um comentário de bênção. Obrigado