Translate

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

O amor perdoa muitíssimos pecados

(1 Pedro 4:8) "Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados."

A primeira virtude do Espírito Santo é o amor (Gálatas 5:22), e essa virtude precisa ser exercitada por nós cristãos. O amor sempre nos conduzirá a perdoar as ofensas contra nós e a não publicar os pecados dos nossos irmãos, assim como Deus nos perdoa e esquece os nossos pecados quando nos arrependemos de todo o nosso coração (Hebreus 8:12).
  • (Mateus 7:1,2) "Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso

(Tiago 2:13) "Porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo!"

O nosso Deus e Pai celestial é misericordioso (Lucas 6:36), as suas misericórdias são inesgotáveis e causa de não sermos consumidos (Lamentações 3:22). Devemos imitar o nosso Pai celestial, sendo misericordiosos com os nossos semelhantes assim como Ele é misericordioso conosco. Aqueles que não mostrarem misericórdia agora não alcançarão misericórdia no dia do julgamento. 
  • (Mateus 5:7) "Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.



quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Diante de injustiças... entrega-se aos cuidados do Pai celestial

(1 Pedro 2:23) "Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça."

Para o cristão ter forças suficientes de suportar as perseguições, ele precisa seguir o exemplo de Jesus, entregar-se aos cuidados do Pai celestial, confiando em Sua justiça. Além disso, é preciso continuar a sua caminhada abençoando os seus perseguidores (Romanos 12:14), não revidando ou vingando (Romanos 12:17,19) e, pelo contrário, fazendo o bem (Romanos 12:20). Deus age com misericórdia com aqueles que são misericordiosos. A misericórdia triunfa sobre o juízo (Tiago 2:13).
  • (Marcos 11:25) "E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça

(Mateus 5:6) "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos."

Bem-aventurado é um estado de satisfação plena concedida por Deus àquele que é fiel à Sua Palavra.
Aquele que verdadeiramente passou pelo novo nascimento tem um desejo interior intenso de manter um coração reto diante de Deus.
  • (Filipenses 3:9) "E ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé."⁠⁠⁠⁠

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

sábado, 5 de novembro de 2016

O dever dos patrões

(Colossenses 4:1) "Senhores, deem aos seus escravos o que é justo e direito, sabendo que vocês também têm um Senhor no céu."

Embora Paulo estava falando para escravos e senhores, esse princípio pode ser aplicado também aos empregados e patrões cristãos. O patrão deve dirigir os seus negócios como um verdadeiro cristão, deve tratar seus empregados com justiça e direito, sabendo que acima dele existe um Senhor, que não faz acepção de pessoas, a Quem ele também terá que prestar contas.
  • (Colossenses 3:11) "Nessa nova vida já não há diferença entre grego e judeu, circunciso e incircunciso, bárbaro e cita, escravo e livre, mas Cristo é tudo e está em todos."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

O dever dos empregados

(Colossenses 3:23,24) "Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo."

Embora Paulo estava falando para escravos e senhores, esse princípio pode ser aplicado também aos empregados e patrões cristãos. O empregado deve cumprir as suas tarefas diárias de todo o coração, com o foco de que tudo o que ele faz é um serviço prestado ao Senhor e não aos homens, e, assim, receberá do Senhor uma recompensa eterna pela sua dedicação e esforço. 
  • (Colossenses 3:25) "Quem cometer injustiça receberá de volta injustiça, e não haverá exceção para ninguém."

Graça e paz, 
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

As exortações bíblicas produzem crescimento espiritual

(Provérbios 27:6,7) "Quem fere por amor mostra lealdade, mas o inimigo multiplica beijos. Quem está satisfeito despreza o mel, mas para quem tem fome até o amargo é doce."

Quando uma pessoa tem fome espiritual, toda a Palavra de Deus é agradável de se ouvir, até mesmo as repreensões. Mesmo que no momento produza dor, aqueles que a colocarem em prática serão grandemente abençoados por Deus.
  • (Hebreus 12:11) "Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O povo que conhece o seu Deus resistirá com firmeza

(Daniel 11:32) "Com lisonjas corromperá aqueles que tiverem violado a aliança, mas o povo que conhece o seu Deus resistirá com firmeza."

Nessa época, muitos judeus foram seduzidos por promessas agradáveis e se corromperam (v.30). Mas os judeus que conheciam a Deus por experiência resistiram com firmeza, escolhendo o sofrimento e até mesmo a morte a fazer concessões. E mesmo em meio à contínua perseguição, foram capacitados por Deus a instruírem a muitos outros na Escritura (v.33). 
  • (Salmo 9:10) "Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

O que significa ser uma pessoa humilde?

(Mateus 5:5) "Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança."

Bem-aventurado é um estado de satisfação plena concedida por Deus àquele que é fiel à Sua Palavra.
Uma pessoa humilde não faz justiça com as próprias mãos, não para no meio do caminho por causa de lutas, injustiças e humilhações. Continua a sua caminhada, pacientemente e sem amargura, vivendo segundo os princípios da Palavra de Deus. Ela confia que Deus julga tudo com justiça, e que todas as lutas pelas quais ela passa é permissão de Deus para o cumprimento de um propósito específico. 
  • (Mateus 11:29) "Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Princípios bíblicos para uma vida de oração com respostas

Para vivermos uma vida de orações respondidas, é necessário conhecermos a Palavra de Deus.

A Palavra de Deus declara: 

  • (Oséias 4:6a) "Meu povo foi destruído por falta de conhecimento."
Palavra de Deus e oração andam juntas. São inseparáveis. Orar de acordo com ela é orar com a resposta. Não podemos ignorar também que a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus.
  • (Romanos 10:17) "Consequentemente, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo." 

1) Orar com a motivação correta:


(Mateus 6:5-8) 

(V.5) "E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa." 
  • Hipócrita (NT) significa: Pessoa que engana a si mesma. 
A recompensa do hipócrita é ser visto pelos homens e nada mais. Deus não recompensa a hipocrisia, pelo contrário, pune: (Mateus 23:13-23).

O nosso momento de oração é para nos aproximarmos do nosso Pai e não para recebermos os aplausos e favores dos homens.


Obs.: Não é pecado orar em público, pecado é orar com a motivação errada.


2) Manter uma vida de comunhão com o Pai:


(V.6) "Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará." 


Entra no teu quarto: Lugar de privacidade.

  • Teu pai que vê em secreto: Deus observa tudo. É Deus que responde as nossas orações.
Obs.: Não passa de hipocrisia a pessoa que ora em público sem o hábito de orar em secreto.

3) Orar sempre com sinceridade:


(V.7) "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos." 

  • Não é uma proibição à importunação (Lucas 11:1-8). 
Vãs repetições: Orações repetidas várias vezes, sem propósito. Sem levar em consideração os sentidos das palavras.

O Senhor Jesus e o apóstolo Paulo orou a mesma oração 3 vezes:

  • Jesus: (Mateus 26:44) "E, deixando-os de novo, foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras." 
  • Apóstolo Paulo: (2 Coríntios 12:7,8) "Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar. Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim." 
Não é pecado apresentar a Deus o mesmo pedido várias vezes... Mas devemos ter o entendimento que oração é falar com o Pai com sinceridade no coração. 

4) Não copiar o comportamento dos hipócritas:


(V.8) "Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais."


Deus já sabe de que necessitamos, mas a oração é o caminho que Deus determinou para suprir nossas necessidades.


Não podemos esquecer que Deus é o nosso Pai, portanto as nossas orações a Ele deve ser tranquilas e sem afetações. As crianças quando querem alguma coisa não fazem longos discursos. 

  • (Efésios 3:20,21) "Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amém!" 

5) Orar segundo a vontade de Deus:


(1 João 5:14,15) "Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve. E se sabemos que ele nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que temos o que dele pedimos."

  • Segundo a Sua vontade: garantia da oração respondida. 
As nossas orações devem estar em concordância com a vontade de Deus declarada em Sua Palavra. Devemos orar pelo o que Deus prometeu. E isso envolve examinar a Sua Palavra e buscar a Sua vontade para as nossas vidas.

Há algumas situações que não tem como saber qual é a vontade de Deus, nesse caso podemos orar: "Se for da Tua vontade".


Tiago nos ensina a orarmos em situações que não sabemos a vontade de Deus:
  • (Tiago 4:15) "Ao invés disso, deveriam dizer: 'Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo'." 

Em linha com a vontade de Deus revelada em Sua Palavra:

(Isaías 55:10,11) "Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come, Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei."

Orar em linha com a Palavra de Deus é orar com a resposta, porque a Palavra de Deus sempre alcança o seu destino antes de voltar para Deus.
  • (João 6:63) "O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida." 
Mas não podemos esquecer: 
  • (Eclesiastes 3:1) "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu." 

6) Sempre em nome de Jesus:

(João 16:23) "Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar."

A oração deve ser em nome de Jesus. Jesus é o único Mediador a Deus Pai, essa é a única oração correta.
  • (1 Timóteo 2:5) "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem." 
  • (João 14:6) "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade; e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." 

7) Acompanhada de fé:

(Hebreus 11:6) "Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam." 

Para agradarmos a Deus é necessário crermos:
  • Que Ele existe. 
  • E que Ele recompensa aqueles que o buscam. 

E de obediência:

(Isaías 59:2) "Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça."

O pecado é a única barreira entre nós e Deus.

Jesus nos ensinou como devemos orar:
(Essa oração não começa com os nossos interesses 
pessoais e sim com os interesses de Deus)

Jesus não nos ensinou essa oração para ser memorizada e recitada determinado número de vezes, Ele nos deixou um modelo de oração:

(Mateus 6:9-13) 
(V.9) "Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;"

Pai nosso, que estás nos céusJesus deixa bem claro que devemos orar a Deus Pai, e não ao Filho ou ao Espírito Santo. 

Pedimos ao Pai... Em nome de Jesus... Na unção do Espírito Santo.

Santificado seja o Teu nome: Em nossas orações, antes de pedir algo de nosso interesse pessoal, devemos glorificar o Pai, louvá-lo, exaltar o Seu nome. 
  • (Salmo 148:13) "Louvem o nome do SENHOR, pois só o seu nome é exaltado; a sua glória está sobre a terra e o céu." 

Não devemos usar o nome de Deus em vão. Somente para orar segundo a Sua vontade. Deus é santo e exige que sejamos santos: 
  • (1 Pedro 1:16) "Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo." 
Deus nos disciplina para nos santificar: 
  • (Hebreus 12:10) "Nossos pais nos disciplinavam por curto período, segundo lhes parecia melhor; mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade." 

(V.10) "Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;"


Venha o teu reinoAs prioridades do reino de Deus devem ser estabelecidas em nós. 

(Mateus 6:33) "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." 

Seja feita a Tua vontade

  • (Provérbio 19:21) "Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor." 
Através dessa oração reconhecemos que a vontade de Deus é o melhor para a nossa vida. Quando oramos desta forma, estamos declarando que só queremos que cumpra em nossa vida aquilo que é da vontade d'Ele. Qualquer oração que fazemos que não é da vontade de d'Ele será cancelada, e isso inclui em aceitarmos aquilo que Deus projetou para nós.

Seguindo o exemplo de Jesus: 

  • (Mateus 26:39) "Indo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres." 

(V.11) "O pão nosso de cada dia nos dá hoje;" 

  • O pão simboliza a nossa necessidade diária. 
Jesus aqui nos ensina a orarmos sempre pela provisão, independentemente das nossas condições financeiras. Ele está nos ensinamos a sermos dependentes do Pai, e a não confiarmos em nosso dinheiro, em nossa força física. Somente em Deus.

(V.12) "E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;"


E perdoa as nossas dívidas

  • (1 João 1:10) "Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós." 
Não podemos esquecer de sempre em nossas orações pedirmos a Deus perdão pelos nossos pecados. Se não fosse importante Jesus não tinha incluído como modelo.

Assim como nós perdoamosEssas palavras de Jesus não nos deixa outra alternativa, a não ser perdoar as pessoas. 

(Mateus 18:21-22) "Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete." 
O nosso coração não pode estar cheio de mágoas.
  • (Efésios 4:31) "Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade." 
Primeiro liberamos perdão para as pessoas e logo pedimos perdão a Deus pelos nossos próprios pecados.

(V.13) "E não nos deixe cair em tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém."


E não nos deixe cair em tentação: Jesus nos ensina a pedirmos proteção para que possamos resistir aos intentos do maligno de nos fazer pecar através da tentação, mas é necessário fortalecer-nos no Senhor e vestir de toda a armadura de Deus: 

  • (Efésios 6:10-13) "Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo." 
Mas não podemos esquecer que temos que seguir o exemplo de Jesus de declararmos a Palavra de Deus contra as investidas do diabo: 
  • (Mateus 4:1-11) "Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. O tentador aproximou-se dele e disse: "Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães". Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’". Então o diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse: "Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’". Jesus lhe respondeu: "Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’". Depois, o diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor. E lhe disse: "Tudo isto lhe darei, se você se prostrar e me adorar". Jesus lhe disse: "Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto’". Então o diabo o deixou, e anjos vieram e o serviram."

Porque teu é o reino, e o poder e a glória, para sempre. Amém. Podemos terminar nossa oração como iniciamos: louvando ao Senhor, por compartilhar Seu reino, poder e glória conosco e declarando o "amém" final.
Significado da palavra amém (grego): Certamente ou verdadeiramente, uma expressão de absoluta confiança e convicção. 

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

A aprovação de Deus está em primeiro lugar

(Gálatas 1:10) "Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo."

Paulo estava sendo acusado por seus opositores de promover adaptações ao evangelho para agradar aos gentios. Com essa declaração, ele afirmou sua aliança total com o Senhor. Como verdadeiro servo de Cristo, a aprovação de Deus estava acima da aprovação do homem. 

  • (2 Coríntios 2:17) "Ao contrário de muitos, não negociamos a palavra de Deus visando lucro; antes, em Cristo falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por Deus."⁠⁠⁠⁠

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Marcas do apostolado de Paulo

(2 Coríntios 7:2) "Acolhei-nos em nosso coração; a ninguém tratamos com injustiça, a ninguém corrompemos, a ninguém exploramos."

Em outras palavras... O apóstolo Paulo estava falando a igreja de Corinto que eles podiam recebê-lo com satisfação, com aprovação, que poderiam abrir o coração para ele, porque ele não era como os falsos ensinadores que queriam apenas aproveitar da fé e da confiança deles.
  • Que em seu ministério ele não tratava ninguém com injustiça. Não feria as pessoas.
  • A ninguém corrompia com bajulações e ensinos que contrariam a Palavra de Deus.
  • De ninguém jamais tirava vantagem. Nem ouro, nem prata, nem vestuário e nenhum tipo de proveito próprio (Atos 20:33).
Que em nossa geração também venhamos a ser verdadeiros líderes espirituais!

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

sábado, 15 de outubro de 2016

Somos ovelhas do Senhor

(Salmo 100:3) "Reconheçam que o Senhor é o nosso Deus. Ele nos fez e somos dele: somos o seu povo, e rebanho do seu pastoreio."

Deus é o nosso criador e nos escolheu como Seu rebanho (João 10:16). Não somos de nós mesmos, e sim d'Ele, criados para viver em Sua presença e andar segundo o Seu propósito para cada um de nós. Somos ovelhas do Seu pasto, ou seja, somos amados, cuidados e protegidos por Ele.
  • (João 10:9) "Eu sou a porta; quem entra por mim será salvo. Entrará e sairá, e encontrará pastagem."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Bem-aventurados os que choram...

(Mateus 5:4) "Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados."

Bem-aventurado é um estado de satisfação plena concedida por Deus àquele que é fiel à Sua Palavra.
Serão consolados por Deus os que choram com tristeza e arrependimento por enxergar o pecado segundo os olhos de Deus, reconhecendo assim a sua pobreza espiritual.
  • (1 João 1:9) "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.



segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Desfrutando de uma vida de paz

(Isaías 26:3) "Tu guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia."

A pessoa que confia em Deus O coloca no centro de todos os seus sonhos e projetos, e, como resultado dessa entrega, o próprio Deus o conserva em estado de perfeita paz. Mas para alcançar esse estado de confiança e entrega, é necessária uma vida de comunhão com Ele através da Sua Palavra e oração. Quem conhece a Deus intimamente confia.
  • (Isaías 26:4) "Confiem para sempre no Senhor, pois o Senhor, somente o Senhor, é a Rocha eterna."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Aprendendo a enfrentar oposição declarada de homens cruéis e gananciosos

(Mateus 10:16) "Eu os estou enviando como ovelhas entre lobos. Portanto, sejam prudentes como as serpentes e simples como as pombas."

Embora esse texto não seja uma palavra específica para nós, é um ensinamento do Senhor Jesus para enfrentar oposição declarada de homens cruéis e homens gananciosos. Prudentes como as serpentes: não afrontar, agir com cautela, evitar perigos. E simples como as pombas: livres de malícia, agir com sinceridade.
  • (1 Coríntios 14:20) "Irmãos, deixem de pensar como crianças. Com respeito ao mal, sejam crianças; mas, quanto ao modo de pensar, sejam adultos."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

No lugar secreto

(Mateus 6:6) "Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará."

O Senhor Jesus ensinou a importância de termos um lugar reservado de oração para mantermos comunhão com o nosso Pai celestial. É Deus quem estabeleceu a oração para nos aproximarmos d'Ele, e é Ele quem nos responderá. Não precisamos preocupar com o que as pessoas pensam a respeito de nossa vida de oração.
  • (Lucas 18:1) "Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

A ansiedade adoece o corpo

(Eclesiastes 11:10) "Afaste do coração a ansiedade e acabe com o sofrimento do seu corpo, pois a juventude e o vigor são passageiros."

Quanto mais cedo aprendermos a resolver os problemas que perturbam a nossa alma, melhor será a nossa velhice, porque a juventude e o vigor passam muito rápido.
  • (Salmo 90:10) "Os anos de nossa vida chegam a setenta, ou a oitenta para os que têm mais vigor; entretanto, são anos difíceis e cheios de sofrimento, pois a vida passa depressa, e nós voamos!"

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Por que devo guardar a minha língua?

(Provérbio 13:3) "Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando."

Para termos dias mais felizes, precisamos desenvolver o hábito de ouvir as pessoas e desenvolver o hábito de pensar antes de falar. Palavras ditas sem sabedoria podem gerar grandes problemas. 
  • (1 Pedro 3:10) "Pois, quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade." 

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Deus nos ajuda a enfrentar as tribulações

(Romanos 8:31) "Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?"

Nós cristãos não estamos livres dos sofrimentos (Romanos 8:18), mas nunca podemos nos esquecer de que não caminhamos sozinhos, Deus, o nosso Pai celestial, é por nós e nos ajudará a enfrentar as tribulações do cotidiano.
  • (Romanos 8:37) "Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

Alguns resultados de uma vida cheia da Palavra de Deus

(Colossenses 3:16) "Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seus corações."

Para a Palavra de Deus habitar ricamente em nós, ou seja, viver em nós abundantemente ao ponto de sermos governados por ela, devemos cultivar o hábito de estudá-la diariamente. Só dessa forma ensinaremos e aconselharemos uns aos outros em toda a sabedoria e cantaremos salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em nosso coração.
  • (Salmo 138:2) "...exaltaste acima de todas as coisas o teu nome e a tua palavra."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

O que significa oferecer a outra face?

(Lucas 6:29a) "Se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe também a outra."

Este princípio ensinado aqui por Jesus não é para oferecermos a outra face para sermos feridos novamente, mas sim, não revidarmos as ofensas recebidas, o que seria natural diante de um ataque. Não podemos retribuir mal por mal, mas agir de forma correta aos olhos de todos (Romanos 12:17).

Vejamos o exemplo prático que Ele nos deixou:
  • (João 18:22,23) "Quando Jesus disse isso, um dos guardas que estava perto bateu-lhe no rosto. 'Isso é jeito de responder ao sumo sacerdote?', perguntou ele. Respondeu Jesus: 'Se eu disse algo de mal, denuncie o mal. Mas se falei a verdade, por que me bateu?'⁠⁠⁠⁠"

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

A boca fala do que está cheio o coração

(Lucas 6:45) "O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração."

Tudo o que se alimenta no coração, com um tempo, se refletirá em palavras e conduta, e acabará governando a nossa vida. Devemos nos alimentar diariamente da Palavra de Deus e permitir que o Espírito Santo transforme a nossa maneira de pensar, de falar e de agir. Dessa forma, é possível ter uma vida dentro dos princípios de Deus e transmitir, através das palavras, graça às pessoas que nos ouvem.
  • (Efésios 4:29) "Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.


quinta-feira, 29 de setembro de 2016

O que significa ser uma pessoa pobre de espírito?

(Mateus 5:3) "Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus."

Bem-aventurado... É um estado de satisfação plena concedida por Deus àquele que é fiel à Sua Palavra.
Uma pessoa pobre em espírito é o contrário de uma pessoa orgulhosa. Os pobres em espírito são pessoas que reconhecem o seu estado espiritual, que sabem que não se conquista a salvação por obras, e que sem a graça de Deus é impossível caminhar em justiça e santidade.
  • (Lucas 18:13) "Mas o publicano ficou à distância. Ele nem ousava olhar para o céu, mas batendo no peito, dizia: ‘Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador'."⁠⁠⁠⁠

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Não devemos retribuir mal com mal...

(1 Pedro 3:9) "Não retribuam mal com mal nem insulto com insulto; pelo contrário, bendigam; pois para isso vocês foram chamados, para receberem bênção por herança."

Não podemos alicerçar a nossa vida no sistema do mundo, de fazer justiça com as próprias mãos. O mundo devolve cada ofensa recebida, mas nós, filhos de Deus, devemos seguir as orientações que o nosso Pai celestial nos deixou em Sua Palavra. Agindo assim, seremos respaldados e abençoados por Ele.

  • (Marcos 11:25,26) "E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados.Mas se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está no céu não perdoará os seus pecados."

Graça e paz, 
Pra. Angela Caldas.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Abençoar é uma ordem, e não uma sugestão...

(Romanos 12:14) "Abençoem aqueles que os perseguem; abençoem, e não os amaldiçoem."

Liberar palavras de bênçãos sobre a vida das pessoas que nos perseguem não é uma sugestão, é uma ordem. Nenhum ser humano tem o direito de pronunciar palavras de maldições contra os seus semelhantes.  Devemos deixar o juízo nas mãos de Deus.
  • (1 Pedro 2:23) "Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça."

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.

ESPÍRITO, alma e corpo

Para entendermos o propósito de Deus, precisamos meditar no mínimo nessas três perguntas e entender as suas respostas:
  • De onde viemos?
  • Por que existimos?
  • E para onde vamos?

Porque a nossa vida não termina com a morte física, o nosso espírito é eterno.



O ser humano foi criado por Deus

(Gênesis 1)
(26a) "Então disse Deus: 'Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança.
(27) Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou."

(Gênesis 2:7) “Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.

(Gênesis 2)
(21) “Então o Senhor Deus fez o homem cair em profundo sono e, enquanto este dormia, tirou-lhe uma das costelas, fechando o lugar com carne.
(22) Com a costela que havia tirado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher e a trouxe a ele.
(23) Disse então o homem: Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada.”

Observando como Deus criou todas as coisas, percebemos que o ser humano foi criado de uma forma muito especial, foi criado do pó da terra, à imagem e a semelhança de Deus, e Ele soprou em suas narinas o fôlego de vida.
  • Estes textos explicam como aconteceu a criação do homem no sexto dia (Gênesis 1:31).

Composição do ser humano

No início da criação não mostra a composição do ser humano, porque as revelações se tornam mais claras progressivamente.

  • (1 Tessalonicenses 5:23) “Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, alma e corpo de vocês seja conservado irrepreensível na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.”

Todo o ser de uma pessoa deve ser totalmente santificado (separado) para Deus. 



Adão e Eva foram colocados em um teste de obediência

(Deus criou pessoas livres)

(Gênesis 2)
(16) "E o Senhor Deus ordenou ao homem: "Coma livremente de qualquer árvore do jardim,
(17) mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá."

Depois que Deus formou o ser humano, Ele impôs um limite a ele, tornando clara a penalidade, para o caso desse limite ser violado:
  • Limite permanente: Não coma.
  • Penalidade: Certamente você morrerá.

Se havia outros propósitos para a árvore do conhecimento do bem e do mal, não sabemos, porque não são mencionados nas Escrituras. O que sabemos com certeza é que ela foi usada como um teste de obediência.

A responsabilidade do homem era obedecer a Deus e não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal.

Queda do homem

(Gênesis 3)
(1) "Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: "Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim’?"

À medida que as revelações progridem, a serpente é apresentada várias vezes como diabo ou Satanás.

Vejam uma das declarações a respeito da serpente:
  • (Apocalipse 12:9) “O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançado à terra.”

(2) Respondeu a mulher à serpente: ‘Podemos comer do fruto das árvores do jardim,

(3) mas Deus disse: ‘Não comam do fruto da árvore que está no meio do jardim, nem toquem nele; do contrário vocês morrerão’.
(4) Disse a serpente à mulher: ‘Certamente não morrerão!
(5) Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal’.
(6) Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também."
(7) Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se.

O ser humano foi criado para manter um relacionamento com Deus:

(8) Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim.
(9) Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: "Onde está você? "
(10) E ele respondeu: "Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi".
(11) E Deus perguntou: "Quem lhe disse que você estava nu? Você comeu do fruto da árvore da qual lhe proibi comer? "
(12) Disse o homem: "Foi a mulher que me deste por companheira que me deu do fruto da árvore, e eu comi".

Eva foi enganada pela serpente, mas Adão não foi enganado, ou seja, agiu de olhos abertos:
  • (1 Timóteo 2:14) “E Adão não foi enganado, mas sim a mulher, que, tendo sido enganada, tornou-se transgressora.”

Não houve morte física imediata:

  • (Gênesis 5:4,5) “Depois que gerou Sete, Adão viveu 800 anos e gerou outros filhos e filhas. Viveu ao todo 930 anos e morreu."
No momento em que eles comeram do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal morreram espiritualmente. A morte espiritual provocou também a morte física.
  • (Gênesis 3:19) “Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó e ao pó voltará.”
  • (Eclesiastes 12:7) “o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu.”

Em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados

(1 Coríntios 15:22) “Pois da mesma forma como em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados.

Adão representava a humanidade, por isso em sua desobediência, trouxe ao mundo o pecado e a morte.

Da morte espiritual para a vida espiritual

Nossa condição antes de entregarmos a nossa vida para Jesus: (Versículos 1-3)

(Efésios 2)
(1-2) “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência.

Antes de confessarmos a Jesus como Senhor de nossas vidas, estávamos mortos espiritualmente e debaixo do domínio de Satanás.

E todos que estão na prática do pecado continuam debaixo desse domínio.
  • (Colossenses 1:13) "Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado.”

(3) Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira.

Estávamos debaixo da condenação eterna, ou seja, mortos espiritualmente, separados de Deus por toda a eternidade.

O que Deus fez por nós: (Versículos 4-9)

(4-5) Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou,

O amor de Deus é tão grande, ao ponto de entregar o Seu filho para morrer por nós.
  • (João 3:16) "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões — pela graça vocês são salvos.

Deus através de Cristo é o autor da vida:
  • (1 João 5:12) “Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida.

(6) Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus,

Quando Jesus ressuscitou, cumpriu o Seu propósito de salvar a humanidade.

A vida espiritual (salvação) nos é dada instantaneamente quando confessamos Jesus como Senhor de nossas vidas.

Agora estamos assentados (igreja) com Cristo nos lugares celestiais...
  • (Efésios 1:20-23) “Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais, muito acima de todo governo e autoridade, poder e domínio, e de todo nome que se possa mencionar, não apenas nesta era, mas também na que há de vir. Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés e o designou como cabeça de todas as coisas para a igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que enche todas as coisas, em toda e qualquer circunstância.”

(7) para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus.

A salvação em Cristo Jesus... É bondade de Deus.
  • (1 Pedro 1:18-20) “Pois vocês sabem que não foi por meio de coisas perecíveis como prata ou ouro que vocês foram redimidos da sua maneira vazia de viver que lhes foi transmitida por seus antepassados, mas pelo precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem mancha e sem defeito, conhecido antes da criação do mundo, revelado nestes últimos tempos em favor de vocês.”

(8-9) Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.

Não alcançamos a salvação por meio de obras ou por um bom comportamento, mas pela fé.

(V.10) Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.
  • (Tiago 2:26) "Assim como o corpo sem espírito está morto, também a fé sem obras está morta.”
Mas as boas obras são os resultados da salvação, que Deus já tinha preparado para que as praticássemos, porque servindo a Deus nós vamos somar para que mais pessoas sejam restauradas à comunhão com Deus.

Só para lembrar...

Foi o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário que restaurou a comunhão com Deus e nos sarou da doença do pecado:
  • (Isaías 53:5) “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

Para recebermos a vida espiritual, a confissão verbal é necessária:

(Romanos 10)
(9) “Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.

Confessar que Jesus é o Senhor, o Salvador dos homens, e que Ele morreu na cruz e ressuscitou dentre os mortos.

(10) Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação.”

A fé em Cristo deve sair do silêncio para a confissão para que haja salvação.

Existem pessoas que pensam que não precisam de Jesus por ser moralmente corretas:

Deus colocou princípios da Sua lei em nosso coração:

(Romanos 2)
(14) “De fato, quando os gentios, que não têm a lei, praticam naturalmente o que ela ordena, tornam-se lei para si mesmos, embora não possuam a lei;
(15) pois mostram que as exigências da lei estão gravadas em seus corações. Disso dão testemunho também a consciência e os pensamentos deles, ora acusando-os, ora defendendo-os.”

Os judeus já nascem aprendendo a lei de Deus, mas Deus colocou princípios da lei gravada no coração de todo o ser humano. É isto que faz uma pessoa mesmo sem conhecimento bíblico, andar em aparente retidão.
  • O Ser humano tem um juiz interior chamado consciência.
Dependendo da cultura, da forma que a pessoa é educada, e da forma como vive, a voz da consciência pode ser cauterizada ou não.
Qual o propósito de Deus para o cristão depois que ele recebe a vida espiritual?

(1 Pedro 2:24) “Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados.”

Todo cristão deve aprender a morrer para o pecado e a viver para uma nova vida com Cristo.
  • (Gálatas 2:20) “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.”

Podemos semear na carne ou no espírito,
a escolha é nossa!

(Romanos 8)
(5) "Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.

É impossível viver nos dois lugares simultaneamente.

(6) Porque a inclinação da carne é morte;

Se vivermos para alimentar a nossa carne, morreremos espiritualmente.

mas a inclinação do Espírito é vida e paz.

Se vivermos para alimentar o nosso espírito com a Palavra de Deus, receberemos vida e paz.
  • Maior qualidade de vida que podemos experimentar.
(7) Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.
(8) Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus."
  • Viver para satisfazer a carne significa morte espiritual – separação de Deus.

A lei da semeadura é infalível:

A lei da semeadura é uma lei universal, ela transita entre o nível físico e espiritual:
  • (Gálatas 6:7,8) “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.

Mas temos de ter a consciência que existe uma luta interna para não obedecermos a Palavra de Deus:
  • (Gálatas 5:17) “Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam.

Uma pergunta para nós meditarmos:
  • Como eu quero viver minha vida,HOJE?

Não estamos sozinhos, temos intercessores que nos ajudarão em nossa caminhada cristã

Espírito Santo:
(Romanos 8:26,27)
(26) “Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
(27) E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus.

O Espírito Santo nos ajuda intercedendo por nós de acordo com a vontade de Deus.

  (Efésios 3:20) “Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós (intercessão do Espírito Santo).”

Senhor Jesus:
(1 João 2:1) "Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.”

Jesus conhece as fraquezas e sofrimentos que todo ser humano enfrenta, porque em tudo foi tentado e não pecou. Portanto, podemos no recorrer a Ele em total confiança e transparência.
  • (Hebreus 4) “Portanto, visto que temos um grande sumo sacerdote que adentrou os céus, Jesus, o Filho de Deus, apeguemo-nos com toda a firmeza à fé que professamos, pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado. Assim sendo, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade.”

O arrependimento e o pedido de perdão é o caminho para a restauração

A única coisa que pode nos levar à morte espiritual e separação de Deus é o pecado:
  • (Isaías 59:2) “Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá.
A única coisa que pode restaurar completamente a nossa comunhão com Deus é o arrependimento e a confissão do pecado.
  • (1 João 1:9) "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.”
Deus é fiel à Sua Palavra. Ele prometeu nos perdoar e nos purificar todas as vezes que nos arrependermos e pedirmos perdão pelos nossos pecados.

Conclusão

O nosso espírito é eterno. A Palavra de Deus declara:

(Hebreus 9:27a) “Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo.”
  • Onde queremos passar a eternidade?
Porque existem dois destinos:
  • Vida eterna – Céu.
  • Condenação eterna – Inferno.
Se semearmos na carne, passaremos a nossa eternidade sem Deus.

Se semearmos no espírito, passaremos a nossa eternidade com Deus.

E é nesse tempo que se chama hoje que vai ser determinado, através da nossa semeadura, o destino do nosso espírito, porque seremos julgados segundo as nossas obras.

Oração de confissão:

Pai, eu acredito em Sua Palavra e confesso Jesus como Senhor e Salvador da minha vida... Eu creio em meu coração que o Senhor O ressuscitou dentre os mortos. Quero viver a minha vida em dependência total do Seu Espírito Santo. Perdoa os meus pecados e me encha da Tua presença.


Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.