Translate

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Seja eternamente grato a Deus

(Salmo 103:2) “Bendiga ao Senhor a minha alma! Não esqueça de nenhuma de suas bênçãos!"
  • A gratidão é uma virtude maravilhosa que todo cristão deve desenvolver.

1) A gratidão nos fortalece enquanto esperamos as respostas de nossas orações:

(Romanos 4:17-21) 
(17) "Como está escrito: "Eu o constituí pai de muitas nações". Ele é nosso pai aos olhos de Deus, em quem creu, o Deus que dá vida aos mortos e chama à existência coisas que não existem, como se existissem.
(18) Abraão, contra toda esperança, em esperança creu, tornando-se assim pai de muitas nações, como foi dito a seu respeito: "Assim será a sua descendência".
(19) Sem se enfraquecer na fé, reconheceu que o seu corpo já estava sem vitalidade, pois já contava cerca de cem anos de idade, e que também o ventre de Sara já estava sem vitalidade.
(20) Mesmo assim não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé, dando glória a Deus,
(21) estando plenamente convencido de que ele era poderoso para cumprir o que havia prometido."

Abraão estava vivendo exatamente o contrário da promessa de Deus em sua vida. A promessa era: 
  • (Gênesis 12:2a) "Farei de você um grande povo, e o abençoarei."
E já tinha passado anos e o filho da promessa ainda não tinha nascido (A espera de Abraão foi de 25 anos).

E a Palavra de Deus declara que Abraão foi fortalecido em sua fé, dando glória a Deus. 
  • Glória a Deus é um tipo de oração de agradecimento. 
Só dá glória a Deus quando está vivendo exatamente ao contrário da promessa, quem confia em Deus.

2) A gratidão nos leva para níveis maiores de bênçãos:
  • É ingratidão receber a bênção e não agradecer a Deus por ela. 
(Lucas 17:11-19)
(V.11) "A caminho de Jerusalém, Jesus passou pela divisa entre Samaria e Galiléia.
(V.12) Ao entrar num povoado, dez leprosos dirigiram-se a ele. Ficaram a certa distância
(V.13) e gritaram em alta voz: "Jesus, Mestre, tem piedade de nós!"
(V.14) Ao vê-los, ele disse: "Vão mostrar-se aos sacerdotes". Enquanto eles iam, foram purificados.
(V.15) Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz.

Viu que estava curado e voltou para agradecer. Agradeceu em alta voz... Como havia feito os seus clamores.

(V.16) Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Este era samaritano.

Agradeceu de uma forma humilde e o mais reverente que pôde...

(V.17) Jesus perguntou: "Não foram purificados todos os dez? Onde estão os outros nove?
(V.18) Não se achou nenhum que voltasse e desse louvor a Deus, a não ser este estrangeiro?"
(v.19) Então ele lhe disse: "Levante-se e vá; a sua fé o salvou."

Aprendemos aqui uma GRANDE LIÇÃO: Não esquecer de Deus depois de recebermos as nossas bênçãos.

Os dez receberam a cura física, mas o samaritano foi totalmente restaurado, recebeu a cura para o corpo e a salvação, que é uma bênção para toda a eternidade. A cura física, embora seja uma bênção muito grande termina com a morte.

3) A gratidão abre portas para as respostas de nossas orações:

Uma vida de ações de graças libera poder para trazer respostas às nossas orações:

(João 11:41-44)
(41) "Então tiraram a pedra. Jesus olhou para cima e disse: "Pai, eu te agradeço porque me ouviste.

Uma ação de gratidão por saber que as suas orações são ouvidas por Deus...

(42) Eu sabia que sempre me ouves, mas disse isso por causa do povo que está aqui, para que creia que tu me enviaste".
(43) Depois de dizer isso, Jesus bradou em alta voz: "Lázaro, venha para fora!"
(44) O morto saiu, com as mãos e os pés envolvidos em faixas de linho, e o rosto envolto num pano. Disse-lhes Jesus: "Tirem as faixas dele e deixem-no ir."

(Marcos 6:35-44)
(35) "Já era tarde e, por isso, os seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: "Este é um lugar deserto, e já é tarde.
(36) Manda embora o povo para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar algo para comer".
(37) Ele, porém, respondeu: "Dêem-lhes vocês algo para comer". Eles lhe disseram: "Isto exigiria duzentos denários! Devemos gastar tanto dinheiro em pão e dar-lhes de comer?
(38) Perguntou ele: "Quantos pães vocês têm? Verifiquem". Quando ficaram sabendo, disseram: "Cinco pães e dois peixes".
(39) Então Jesus ordenou que fizessem todo o povo assentar-se em grupos na grama verde.
(40) Assim, eles se assentaram em grupos de cem e de cinqüenta.
(41) Tomando os cinco pães e os dois peixes e, olhando para o céu,

Olhou para o céu... Deus é o nosso provedor... 
  • (Mateus 6:11) “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje."
deu graças e partiu os pães.

Gratidão pelo Senhor que nos abençoa com o pão.

Em seguida, entregou-os aos seus discípulos para que os servissem ao povo. E também dividiu os dois peixes entre todos eles.
(42) Todos comeram e ficaram satisfeitos,
(43) e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e de peixe.
(44) Os que comeram foram cinco mil homens."

E Deus abençoou de forma generosa.

4) Gratidão para vencer as ansiedades:

(Filipenses 4:6) "Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças."

A ansiedade quando persiste nos desgasta: 
  • Fisicamente.
  • Espiritualmente (Sem falar que ela gera doenças em nosso corpo). 
E para vencê-la: Orações específicas + ações de graças.

Resultado: 
  • (Filipenses 4:7) "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus." 

Murmuração é contrário a ações de graças:

(1 Coríntios 10:10) "E não murmureis, como também alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor."

A murmuração libera um poder destrutivo. Abre portas para mais sofrimento, mais tribulações. Não nos deixa sair da situação que nos aflige. Contamina o presente e futuro. 
  • A murmuração do povo de Israel contaminou o futuro por 40 anos. 
Essa palavra foi registrada no novo testamento como advertência para nós (1Coríntios 10:11). 

5) A gratidão deve estar sempre em nosso coração e em nossa boca:
  • (1 Tessalonicenses 5:18) "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."
Essa é a vontade de Deus para nós cristãos: mantermos agradecidos sabendo que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que O amam (Romanos 8:28a).

(Romanos 1:8) “Antes de tudo, sou grato a meu Deus, mediante Jesus Cristo, por todos vocês, porque em todo o mundo está sendo anunciada a fé que vocês têm."

(Efésios 1:16) “Não deixo de dar graças por vocês, mencionando-os em minhas orações."

(Filipenses 1:3) “Agradeço a meu Deus toda vez que me lembro de vocês."

(1 Tessalonicenses 1:2) “Sempre damos graças a Deus por todos vocês, mencionando-os em nossas orações."

(2 Timóteo 1:3) “Dou graças a Deus, a quem sirvo com a consciência limpa, como o serviram os meus antepassados, ao lembrar-me constantemente de você noite e dia em minhas orações."

A atitude de sempre oferecer ações de graças a Deus, mostra que confiamos n’Ele e somos totalmente dependentes d’Ele.

Conclusão:

Devemos cultivar em nossas vidas a virtude da gratidão a Deus em qualquer circunstância, porque isso nos aproxima mais de Deus.

Graça e paz,
Pra. Angela Caldas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Registre e compartilhe conosco uma experiência vivida ou um comentário de bênção. Obrigado