Translate

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Altar do Holocausto

O altar do holocausto - (Êxodo 38:1-7)

(Êxodo 38:1-7) "Fez um altar de madeira de acácia para os holocaustos, com um metro e trinta e cinco centímetros de altura; era quadrado, com dois metros e vinte e cinco centímetros de cada lado. E fez uma ponta em forma de chifre em cada um dos quatro cantos, formando uma só peça com o altar, o qual revestiu de bronze. De bronze fez todos os seus utensílios: os recipientes para recolher cinzas, as pás, as bacias de aspersão, os garfos para carne e os braseiros. Fez uma grelha de bronze para o altar em forma de rede, abaixo da sua beirada, a meia altura do altar. Fundiu quatro argolas de bronze para sustentar as varas nos quatro cantos da grelha de bronze. Fez as varas de madeira de acácia, revestiu-as de bronze e colocou-as nas argolas, nos dois lados do altar, para que o pudessem carregar. O altar era oco, feito de tábuas".

(Leia também: Êxodo 27:1-19)

Altar do HOLOCAUSTO: 
Memorial ao NOME de Deus 

(Êxodo 20:24) "Um altar de terra me farás, e sobre ele sacrificarás os teus holocaustos, e as tuas ofertas pacíficas, as tuas ovelhas, e as tuas vacas; em todo o lugar, onde eu fizer celebrar a memória do meu nomevirei a ti e te abençoarei".

Este primeiro altar era provisório... Depois Deus escolheu um lugar especial onde seria celebrada a memória do Seu nome. 

O que é HOLOCAUSTO?

(Levítico 1:9) "Porém as entranhas e as pernas, o sacerdote as lavará com água; e queimará tudo isso sobre o altar; é um holocausto, oferta preparada no fogo, de aroma agradável ao Senhor".

  • A palavra hebraica para oferta ou sacrifício: "Qorban" (Literalmente, descreve aquilo que é levado para junto do altar)
Que significa vir para mais perto de Deus. Não é pagamento pelo pecado, é presente oferecido por amor. É reconhecer a dependência de Deus. Deus só aceitava a oferta quando havia arrependimento verdadeiro. 
    O holocausto era o principal e o mais antigo dos sacrifícios (Gênesis 8:20). 
    Era um sacrifício voluntário, e o único sacrifício inteiramente consumido no altar... 
    • A palavra hebraica para holocausto é: "olah" (aquilo que sobe, ou ascende). Outras vezes é usada a palavra "Kallil" (por inteiro). Melhor definição para holocausto: (aquilo que é totalmente queimado para Deus). E subia em forma de aroma agradável ao Senhor.
    Quando Jesus morreu na cruz, seu sacrifico foi "aroma suave" para o Senhor.
    • (Efésios 5:2) "E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave".

    Por que Deus instituiu a prática dos sacrifícios de  HOLOCAUSTO?

    Porque o desejo de Deus era habitar com Seu povo...  E com o pecado de Adão, o ser humano sofreu o que chamamos de "morte espiritual", então Deus instituiu a prática do holocausto para ensiná-los:

    • Como manter comunhão com Ele;
    • A entender os princípios de santidade; 
    • Garantir perdão pelos seus pecados (Levítico 4:20), entendendo sua natureza e suas consequências.
    Deus não instituiu o holocausto para ser um ritual religioso... O que agrada a Deus sempre foi a conhecimento com obediência.
    • (Oseias 6:6) "Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos".
    • (1 Samuel 15:22) "Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros."

    HOLOCAUSTO era a sombra do real: Jesus Cristo

    O holocausto significa o que Jesus fez por nós, porque Ele estava presente através dos princípios dos sacrifícios do holocausto. É a sombra do que estava para cumprir através d'Ele. O holocausto apontava para Jesus.

    (Hebreus 10)
    (V.1) "A Lei traz apenas uma sombra dos benefícios que hão de vire não a realidade dos mesmos. Por isso ela nunca consegue, mediante os mesmos sacrifícios repetidos ano após ano, aperfeiçoar os que se aproximam para adorar.
    Que o holocausto era a sombra da realidade que é Jesus Cristo. A sombra indica a forma real... Por isso o holocausto teve seu valor como sombra daquilo que se tornou realidade em Jesus.
    Porque o derramamento do sangue de um animal nunca podia mudar o coração de ninguém, nem remover o pecado, somente perdoava os pecados.

    (V.2) Se pudesse fazê-lo, não deixariam de ser oferecidos? Pois os adoradores, tendo sido purificados uma vez por todas, não mais se sentiriam culpados de seus pecados.

    Os pecados eram perdoados quando os rituais dos holocaustos eram feitos com sinceridade, mas não tirava o sentimento de culpa pelos pecados.

    (V.3) Contudo, esses sacrifícios são uma recordação anual dos pecados.
    Deus tinha levantado o sacrifício do holocausto como memorial... Para que o seu povo se lembrasse de suas condições de pecadores. 
    • Significado da palavra recordar: Memória, lembrança reavivada.
    (V.4) Pois é impossível que o sangue de touros e bodes tire pecados.
    Porque o derramamento de sangue de um animal não podia aperfeiçoar (mudar o coração) ninguém, nem remover o pecado (somente era perdoado).

    (V.5) Por isso, quando Cristo veio ao mundo, disse: "Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste;

    (V.6) de holocaustos e ofertas pelo pecado não te agradaste".
    Como não havia possibilidades de que os sacrifícios de animais removessem o pecado, Deus levantou uma nova oferta, o sacrifício do corpo de Jesus Cristo.

    (V.7) Então eu disse: Aqui estou, no livro está escrito a meu respeito; vim para fazer a tua vontade, ó Deus.

    (V.8) Primeiro ele disse: "Sacrifícios, ofertas, holocaustos e ofertas pelo pecado não quiseste, nem deles te agradaste" (os quais eram feitos conforme a Lei ).
    (V.9) Então acrescentou: "Aqui estou; vim para fazer a tua vontade". Ele cancela o primeiro para estabelecer o segundo.
    Deus cancelou a Lei com os seus sacrifícios... Para estabelecer um único sacrifício, que seria concretizado de maneira perfeita, em Jesus Cristo.

    (V.10) Pelo cumprimento dessa vontade fomos santificados, por meio do sacrifício do corpo de Jesus Cristo, oferecido uma vez por todas.

    (V.11) Dia após dia, todo sacerdote apresenta-se e exerce os seus deveres religiosos; repetidamente oferece os mesmos sacrifícios, que nunca podem remover os pecados.
    (V.12) Mas quando este sacerdote acabou de oferecer, para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à direita de Deus.
    O fato de Jesus estar "assentado" indica a natureza consumada da Sua expiação sacrificial por nossos pecados.

    (V.13) Daí em diante, ele está esperando até que os seus inimigos sejam colocados como estrado dos seus pés;

    Triunfo final do Messias sobre Seus inimigos...

    (V.14) porque, por meio de um único sacrifício, ele aperfeiçoou para sempre os que estão sendo santificados.

    (V.15) O Espírito Santo também nos testifica a este respeito. Primeiro ele diz:
    (V.16) "Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor. Porei as minhas leis em seus corações e as escreverei em suas mentes";
    (V.17) e acrescenta: "Dos seus pecados e iniqüidades não me lembrarei mais".
    (V.18) Onde essas coisas foram perdoadas, não há mais necessidade de sacrifício pelo pecado.
    Como a Nova Aliança promete a retirada do pecado e a transformação de corações, não há mais necessidade de outros sacrifícios. A morte de Jesus é suficiente para sempre.

    Aprendendo os  princípios do HOLOCAUSTO... 


    Nada está na bíblia por acaso...
    Nós não praticamos os sacrifícios do holocausto, mas os princípios bíblicos são ETERNOS... 

    A Palavra de Deus declara:
    • (2 Timóteo 3:16) "Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça."

    (Levítico 1:1-6) 
    (V.1) "Da Tenda do Encontro o Senhor chamou Moisés e lhe ordenou:
    Deus tomou a iniciativa de estabelecer comunhão com seu povo, comunhão que tinha sido quebrada pelo pecado.

    (V.2) Diga o seguinte aos israelitas: Quando alguém trouxer um animal como oferta ao Senhor, que seja do gado ou do rebanho de ovelhas.
    Oferta é algo voluntário... De livre e espontânea vontade... É um presente oferecido a Deus com a intenção de aproximar d'Ele.

    (V.3) Se o holocausto for de gado, oferecerá um macho sem defeito. Ele o apresentará à entrada da Tenda do Encontro para que seja aceito pelo Senhor;

    A oferta tinha que ser de excelência... 
    Algo de valor... 
    A Palavra de Deus mostra que o rei Davi, tinha entendido esse princípio:
    • (1 Crônicas 21:24) "E disse o rei Davi a Ornã: Não, antes, pelo seu valor, a quero comprar; porque não tomarei o que é teu, para o SENHOR, para que não ofereça holocausto sem custo".
    Jesus foi um sacrifício "sem mancha e sem defeito", e sem entregou em total consagração a Deus.
    • (I Pedro 1:18-19) "Pois vocês sabem que não foi por meio de coisas perecíveis como prata ou ouro que vocês foram redimidos da sua maneira vazia de viver que lhes foi transmitida por seus antepassados, mas pelo precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem mancha e sem defeito".
    Princípios do holocausto para nós hoje:
    Devemos nos apresentar a Deus em um nível de santidade elevado...
    • (1 Tessalonicenses 5:23) "E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo".

      (V.4) E porá a mão sobre a cabeça do animal do holocausto pra que seja aceito como propiciação em seu lugar.

      Mostrava a responsabilidade pela morte do animal, transferindo a culpa para o animal que morria no seu lugar.
      Jesus se ofereceu em holocausto... Entregou a Sua vida completamente... 
      • (Mateus 26:42b) "Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade".
      Princípios do HOLOCAUSTO para nós hoje:
      Devemos nos apresentar a Deus como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus... 
      • (Romanos 12:1-2) "Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transforme-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus".

      (V.5) Então o novilho será morto perante o Senhor, e os sacerdotes, descendentes de Arão, trarão o sangue e o derramarão nos lados do altar, que está na entrada da tenda do Encontro.

      O animal sofria a penalidade do pecado. 
      Simbolizava a morte de Jesus pelos nosso pecados.
      • (Isaías 53:5) "Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados".
      Princípios do HOLOCAUSTO para nós hoje:
        Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor."
      (V.6) Depois se tirará a pele do animal, que será cortado em pedaços".
      Só o couro não era queimado...
      A preparação da oferta mostra o que realmente interessa para Deus, o interior:
      • (1 Samuel 16:7) "Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração".
        Princípios do HOLOCAUSTO para nós hoje:
        • (2 Timóteo 3:5a) "Tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder".
        (V.7) Então os descendentes do sacerdote Arão acenderão o fogo do altar e arrumarão a lenha sobre o fogo.
        (V.8) Em seguida arrumarão os pedaços, inclusive a cabeça e a gordura, sobre a lenha que está no fogo do altar.
        (Levítico 1:9) "Porém as entranhas e as pernas, o sacerdote as lavará com água; e queimará tudo isso sobre o altar; é um holocausto, oferta preparada no fogo, de aroma agradável ao Senhor".


        Conclusão:

        Hoje não mais precisamos dos sacrifícios de holocaustos para aproximarmos de Deus... Para confessarmos os nossos pecados... E receber o perdão...
        Hoje nós temos o que é real... Jesus Cristo!
        • (1 Timóteo 2:5) "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem".
        E a Palavra de Deus declara:
        • Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça".
        • (Hebreus 10:17,18) "Dos seus pecados e iniqüidades não me lembrarei mais". 

        "A vida do cristão deve ser simplesmente uma representação visível de Cristo". Thomas Brooks

        Graça e paz,
        Pra. Angela Caldas.

        Nenhum comentário:

        Postar um comentário

        Registre e compartilhe conosco uma experiência vivida ou um comentário de bênção. Obrigado